Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
22°
Light Drizzle

Capa – Caderno 1 Condenado por ser homossexual, Alan Turing estampará as notas de 50 libras

(Foto: Reprodução/ Bank of England)

Considerado o pai da computação e condenado por ser homossexual, o britânico Alan Turing estampará a nota de 50 libras até 2021. O anúncio foi feito pelo Presidente do Banco da Inglaterra, Mark Carney, na manhã desta segunda-feira (15). Estudiosos indicam que Turing faleceu após ser submetido a castração química, em 1954, no período de reinado da Rainha Vitória.

Em nota o Banco Central afirmou que: “Alan Turing foi um matemático exuberante e seu trabalho impacta a forma em que vivemos hoje. Como pai da ciência da computação e inteligência artificial, Alan Turing, herói nacional, deu contribuições fundamentais para a quebra de paradigmas. Turing é um gigante.”

Sendo uma peça de extrema importância na luta contra o nazismo ele trabalhou no Bletchley Park, espaço usado secretamente por criptologistas britânicos para decifrar troca de mensagens entre soldados nazistas.

Alan Turing foi perdoado de seu “crime” em 2013 pela Rainha Elizabeth II, 59 anos após sua morte. “Turing merece ser lembrado e reconhecido pela sua fantástica contribuição aos esforços de guerra e por seu legado à ciência. Um perdão da Rainha é um tributo apropriado a esse homem excepcional”, disse, em nota, o ministro da Justiça, Chris Grayling na época.

Voltar Todas de Capa – Caderno 1

Compartilhe esta notícia:

Polícia apreende mais de 2.500 caixas de cigarros contrabandeados no Paraná
EJA gratuito tem inscrições abertas até a próxima sexta-feira
Deixe seu comentário
Pode te interessar