Últimas Notícias > Colunistas > Em busca de agenda estratégica para o RS

Crime imperfeito

(Foto: Reprodução)

Surpresa! Na terça, a notícia surpreendeu gregos, troianos, sergipanos e baianos. A polícia prendeu os assassinos de Marielle Franco e Anderson Gomes. Ufa! As investigações duraram quase um ano — 363 dias. Ninguém mais acreditava que chegassem aos bandidos. Mas chegaram. Foram cumpridos nada menos que 32 mandados de busca e apreensão e dois mandados de prisão. Ao anunciar o fato, não deu outra. Repórteres trocaram as letras. Disseram mandato em vez de mandado. Esqueceram-se de que parecido não é igual, mas confunnnnnnnnnnnnde. Que tal pôr os pontos nos ii? Assim:

Mandado vem de mandar, mando. Trata-se de ordem judicial: mandado de prisão, mandado de busca e apreensão, mandado de segurança.

Mandato significa representação, delegação: O mandato de deputado é de quatro anos; de senador, oito.

É isso. Uma letra faz a diferença.

Vem, luz

A operação que caçou os assassinos de Marielle e de Anderson chama-se Lume. O nome vem do lugar onde a vereadora se reunia com os seguidores — Beco do Lume. A origem de lume? É esta: lume vem do latim lumen. Quer dizer fogo, fogueira, luz, clarão, vela, círio. A palavra formou família. Entre os membros, vale lembrar luminar, luminária, luminoso, iluminar.

De saúvas e milícias

“Ou o Brasil acaba com as saúvas, ou as saúvas acabam com o Brasil”, escreveu Monteiro Lobato. Os cariocas adaptaram a frase: “Ou o Rio acaba com as milícias, ou as milícias acabam com o Rio”. Com a prisão dos assassinos da vereadora e do motorista, a palavra milícia ganhou destaque. Vale, pois, entendê-la melhor. Ela vem do latim militias. E gerou filhotes: miliciano, milico, militança, militante etc. e tal. O significado? O dicionário diz que pode ser:

1. sinônimo de exército ou conjunto das tropas militares de um país.

2. grupo armado formado por cidadãos comuns que não pertencem ao exército nacional. É o caso das milícias das quais fazem parte os assassinos de Marielle e Anderson.

3. congregação ou agrupamento militante: milícia partidária, milícia religiosa, milícia ideológica.

Ops!

A polícia deu uma batida na casa de um amigo de Ronnie Lessa, o homem que puxou o gatilho e roubou a vida de Marielle e Anderson. O que encontrou? Uma montanha de 117 fuzis. “Um arsenal de armas”, disse alguém. Desperdiçou palavras. Todo arsenal é de armas. Basta arsenal.

Decência, senhores

Uma das palavras mais faladas no noticiário e nos corredores do Congresso? É ela mesma — decoro. A trissílaba veio do latim decoru. Na língua dos Césares e na de Camões, tem o mesmo significado — decência. Muitos políticos são punidos por falta de decoro.

Sem confusão

O jogador Coutinho morreu. No dia seguinte, o cartola Eurico Miranda o seguiu. Ambos viraram notícia. Com eles, a palavra féretro. Ops! Descobriu-se que muitos desconhecem o significado da trissílaba. Por isso confundem Germano com gênero humano. Guarde isto: féretro é caixão.

Leitor pergunta

Mais um acidente? Sim. No domingo, aeronave da Ethiopian Airlines caiu seis minutos depois de decolar da capital etíope, Adis Abeba. Matou 157 pessoas. Foi a segunda tragédia com o Boeing 737 MAX 8. Países que têm esse modelo de avião na frota puseram a barba de molho. Entre eles, o Brasil. Ainda não se tem certeza sobre a causa das duas quedas. Enquanto as investigações prosseguem, gostaria de esclarecer uma dúvida: voo perdeu o acento? — Samara Cruz, Boa Vista.

Perdeu. A reforma ortográfica cassou o chapéu do hiato oo. Antes, vôo, corôo, abençôo & cia. se escreviam assim. Depois, perderam o acento. Ficaram livres e soltos: voo, abençoo, coroo.

 

Deixe seu comentário: