Últimas Notícias > Capa – Coluna Direita > Congresso de Radiodifusão reúne especialistas no assunto durante três dias de evento, em Curitiba

Estado de Nova York descriminaliza uso recreativo da maconha

A medida passa a valer em trinta dias a partir desta segunda (29). (Foto: Reprodução/ Internet)

O uso recreativo da maconha foi descriminalizado, nesta segunda-feira (29), no estado de Nova York. Com a descriminalização, a posse de pequenas quantidades da droga será punida com multa, e não com prisão. A multa aplicada será de US$ 50 por posse de menos de 28 gramas ou de no máximo de US$ 200 para até 56 gramas.

Desde dezembro do ano passado, o governador de Nova York, Andrew Cuomo, afirmou que a legalização da maconha para fins recreacionais era uma das prioridades do seu governo. Em 2017, Cuomo chegou a dizer que a maconha era uma droga de entrada para substâncias mais pesadas, mas mudou de ideia ao ver a divulgação de dados de outros países que legalizaram a substância para o uso recreativo.

O objetivo do governo seria tornar o sistema judiciário mais justo, além de gerar receita para o estado. A estimativa do governo é de que o mercado movimente cerca de US$ 1,7 bilhão em vendas, que podem anteder uma série de necessidades, incluindo o metrô de Nova York. Para Cuomo, é preciso limpar os registros criminais de pessoas que foram condenadas criminalmente por terem pequenas quantidades de maconha, melhorando o sistema judicial que, segundo o governador, é discriminatório e quebrado.

Deixe seu comentário: