Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Governo demite general e nomeia economista para a presidência do Incra

Governo quer votar segundo turno da PEC do plebiscito das estatais gaúchas

Plenário da Assembléia pode votar PEC do plebiscito na terça-feira. (Foto Divulgação)

O governo espera votar na terça-feira dia 7 em segundo turno a proposta de emenda à Constituição que elimina a exigência de plebiscito para privatizar as estatais CEEE, Sulgás e Companhia Riograndense de Mineração. A proposta foi aprovada no primeiro turno por 40 votos 13. Caso repita a aprovação, o governo vai encaminhar à Assembléia legislativa projetos de lei – que exigem maioria simples para aprovação – individualizando os processos de venda de cada uma das empresas.

“Acuse os adversários do que você faz, chame-os do que você é”

Jair Bolsonaro suspendeu a viagem a Nova York. Entenda os fatos: adversário de Donald Trump na próxima eleição presidencial, o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, na busca de espaço na mídia internacional, fez várias manifestações raivosas contra a ida do presidente Jair Bolsonaro à cidade, onde receberia o prêmio Pessoa do Ano, organizado pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos. Ao mesmo tempo, acusou Bolsonaro de incitar o ódio. Blasio repetiu o ensinamento de Lênin (“Acuse os adversários do que você faz, chame-os do que você é”).

Zucco defende transição no PSL

Presidente estadual do PSL, o deputado estadual Luciano Zucco comentou com o colunista que, ao contrário das versões que vêm sendo disseminadas nos últimos dias, partiu dele a ideia de iniciar um processo de rodízio no comando do partido. Zucco tem sugerido esta alternativa ao partido para desobrigar-se da presidência e cuidar com mais intensidade do seu mandato.

Debate de baixo nível

Nos últimos dias, deputados interessados em suceder Zucco passaram a distribuir notícias desencontradas buscando desgastá-lo perante a opinião pública e o próprio partido. Em alguns momentos, estes movimentos revelaram baixíssimo nível do debate proposto pelos pretendentes ao comando do partido. Como no caso do deputado federal Bibo Nunes. Gravações trazidas a público nos últimos dias mostram o baixo nível do diálogo sustentado por Bibo Nunes neste debate.

Para julgar habeas corpus de Lula, STF furou a fila de 5 mil processos na Corte

Os sucessivos habeas corpus apresentados pelo ex-presidente Lula cumprindo pena em regime fechado em Curitiba e julgados pelo STF, e mesmo pelo STJ, o Superior Tribunal de Justiça, não seguiram a ordem natural. No caso dos habeas julgados pelo Supremo Tribunal Federal, seus ministros permitiram que Lula furasse a fila, e passasse à frente de pelo menos 5 mil processos que aguardam na fila, pelo devido julgamento. Esta informação não se trata de fake news: tem como fonte o presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, Desembargador Federal Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, em entrevista ao jornal Zero Hora, de Porto Alegre.

Deixe seu comentário: