Sexta-feira, 22 de Novembro de 2019

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Mostly Cloudy

Capa – Caderno 1 Grêmio goleia Cruzeiro em Belo Horizonte e Everton brilha

(Foto: João Guilherme/ Grêmio FBPA)

O confronto entre os dois eliminados na Copa do Brasil nesta semana, Grêmio e Cruzeiro, iniciou às 11h deste domingo (8) no Estádio Independência, em Belo Horizonte. Na partida, válida pela 18ª rodada do Brasileirão, o Grêmio veio escalado com surpresas: Diego Tardelli no ataque. O jogo terminou com goleada Tricolor: os quatro gols do Grêmio foram marcados por Tardelli, Alisson e Everton (2). O gol cruzeirense foi de Fred, de pênalti.

Aos sete minutos, Robinho passou para David pelo lado esquerdo. O atacante cruzou para Fred, nas costas de Kannemann. Fred chegou a cabecear, mas Paulo Victor defendeu e salvou o Tricolor. Aos 13, mais pressão cruzeirense: Thiago Neves cobrou falta por cima do gol de Paulo Victor. Um minuto depois, David ganhou o primeiro cartão amarelo do jogo, após pisão em Alisson.

Aos 18, Diego Tardelli marcou de letra: Alisson abriu para Galhardo na direita, que cruzou rasteiro para Tardelli completar. 1 a 0 para o Grêmio. Aos 27, mais um! Após erro de Thiago Neves, Alisson roubou a bola e tabelou com Éverton. Alisson bateu cruzado, de perna esquerda, e marcou o segundo gol do Grêmio. 2 a 0 para o Tricolor.

Aos 29, um velho conhecido dos gremistas apareceu: para substituir David, Pedro Rocha entrou em campo. Três minutos depois, o ex-jogador do Tricolor passou a bola para Fred, que abriu para Dodô, que levantou na área. Thiago Neves ajeitou no peito para Pedro Rocha soltar a bomba. Paulo Victor salvou. Aos 33, pênalti para o time de Minas Gerais: Henrique tentou o domínio e Michel chutou a perna dele. Três minutos depois, Fred converteu, no canto esquerdo da goleira gremista. 2 a 1 para o Grêmio. Ainda aos 43 minutos, o Grêmio tentou aumentar a vantagem: Alisson levantou para Everton, que cabeceou para cima do gol cruzeirense.

Na volta do intervalo, aos três minutos, Tardelli fez jogada pela esquerda e tentou o cruzamento, mas a defesa cruzeirense afastou a bola. Aos seis, desfalque importantíssimo no time gremista: Geromel precisou sair de campo amparado. David Braz entrou para fazer a substituição. Dois minutos depois, Alisson levou cartão amarelo por falta em Henrique e, aos 11, o próprio Henrique também tomou um amarelo.

Aos 18, David Braz roubou a bola e passou para Matheus Henrique, que avançou pela direita e chutou para Everton, livre do lado esquerdo. O atacante tricolor driblou Cacá e fuzilou de perna esquerda, sem chances para Fábio defender. 3 a 1 para o Grêmio. Aos 21, saiu Thiago Neves para a entrada de Ezequiel e, aos 26, Tardelli saiu e Pepê entrou. Sob protestos de “time sem vergonha” e pipocas jogadas no banco de reservas, o Cruzeiro teve mais uma chance de gol – Ezequiel chutou forte da entrada da área, mas Paulo Victor espalmou para escanteio. Aos 29, saiu Robinho para a entrada de Cacá.

Aos 31, mais um dele: Jean Pyerre encontrou Everton no meio, que driblou Léo e deslocou Fábio para finalizar no fundo das redes. 4 a 1 para o Tricolor. E o Grêmio queria mais: quatro minutos depois, Pepê dominou a bola e arriscou de longe para a defesa de Fábio. Aos 36, Luan entrou para a saída de Michel. Aos 40, Fred cabeceou para o gol, mas Paulo Victor defendeu. Aos 45, quase no fim do jogo, Luan ainda tentou marcar o quinto gol do Tricolor, mas a bola saiu por cima da goleira de Fábio.

O próximo desafio do Grêmio será domingo que vem (15), às 16h, contra o Goiás, na Arena do Grêmio.

Compartilhe esta notícia:

Deixe seu comentário
Pode te interessar