Últimas Notícias > Notícias > O Dia Internacional do Jazz será comemorado em Porto Alegre com shows gratuitos na próxima terça-feira

O Inter venceu o Juventude por 2 a 1 em um jogo com brigas e expulsões em Caxias do Sul

Nico López marcou um gol, mas foi expulso da partida. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Internacional e Juventude entraram em campo, neste domingo (10), pela sexta rodada do Campeonato Gaúcho no Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, na Serra Gaúcha. O Colorado venceu a partida por 2 a 1. O jogo foi marcado por brigas e expulsões. Além de um jogador de cada time, o técnico do Juventude também foi expulso.

Os gols

O placar foi aberto aos 18 minutos com Nico López, que marcou para os colorados. Edenilson fez bom lançamento e Nico López, de dentro da área, chutou de primeira. Foi o segundo gol do atacante na temporada e o 34º com a camisa colorada.

Na segunda etapa, Pedro Lucas ampliou, marcando aos 29 minutos. Foi o primeiro gol dele pelo Internacional. Aos 46′, Dalberto descontou. E o placar fechou em 2 a 1 para a equipe colorada.

Confusão

No final do primeiro tempo o autor do primeiro gol, Nico López, foi expulso, junto com o jogador Victor Sallinas, do Juventude, após confusão aos 44′ da primeira etapa. O técnico caxiense, Luiz Carlos Winck também foi expulso.

Tudo começou quando William Pottker foi tentar acelerar a cobrança de um lateral mas foi atrapalhado pelo técnico Luiz Carlos Winck. Na sequência, uma confusão se armou entre os atletas e membros da comissão técnica do clube caxiense. Em meio a isso, Nico López foi agredido pelo zagueiro Victor Sallinas. Na arquibancada também houve confusão entre alguns torcedores.

Os ânimos já estavam acirrados desde os 24′, quando Braian Rodrigues caiu na área, pediu pênalti mas o juiz Vinícius Amaral não marcou.

Homenagens

O começo do jogo foi marcado pelas homenagens aos dez jovens mortos no incêndio do Centro de Treinamento do Flamengo, no Rio de Janeiro. Um minuto de silêncio e uma faixa com a inscrição #ForçaFlamengo usada pelos jogadores do Inter lembraram a tragédia.

Histórico

Rafael Sobis, atacante, foi relacionado entre os reservas, mas comemorou voltar ao Alfredo Jaconi. “Eu fiz meu primeiro gol profissional aqui. É bom viver essa atmosfera toda de novo”, afirmou. Já o ídolo colorado D’Alessandro não foi relacionado.

O Inter volta a campo no próximo domingo (17), às 19h, para enfrentar o Caxias no Beira-Rio.

Juventude – Técnico Luiz Carlos Winck

Marcelo Carné (Raul), Vidal, Genílson, Victor Sallinas, Rafael Jataí (Valentini), Eltinho, Breno (Douglas), Aprile, Bruno Camilo, Dalberto, Braian Rodríguez.

Internacional – Técnico Odair Hellmann

Marcelo Lomba, Victor Cuesta, Moledo, Zeca, Iago, Edenilson, Rodrigo Dourado, Nico López, Neilton (Guilherme Parede), Pottker (Patrick) e Tréllez (Pedro Lucas).

Arbitragem

Vinícius Amaral, Jorge Eduardo Bernardi, Gustavo Marin Schier, Sérgio Eduardo dos Santos Moraes.

Deixe seu comentário: