Londres se nega a confirmar morte de extremista

O ministro da Defesa britânico, Michael Fallon, se negou nessa quinta-feira (12) a confirmar a morte de uma mãe de família britânica que teria envolvimento com o grupo extremista Estado Islâmico na Síria. Segundo a imprensa britânica, Sally Jones, rebatizada para “viúva branca” pelos meios de comunicação de seu país, foi abatida por um drone americano na Síria.

Deixe seu comentário: