Ministro diz que deve desculpas ao País por ter viabilizado candidatura de Bolsonaro

Diante da crise política em que virou protagonista, o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, fez um desabafo para interlocutores próximos e demonstrou profundo arrependimento em ter trabalhado ativamente pela eleição do presidente Jair Bolsonaro. "Preciso pedir desculpas ao Brasil por ter viabilizado a candidatura de Bolsonaro. Nunca imaginei que...

Aguardada para essa segunda a demissão do ministro chefe da Secretaria-Geral do governo

O ministro Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral da Presidência) confirmou que o presidente Jair Bolsonaro pretende demiti-lo na próxima segunda-feira (18). “A tendência é essa, exoneração”, disse neste sábado a jornalistas. “Eu quero ver o papel com a exoneração, a hora em que sair o papel com a exoneração é porque eu fui...

Por reforma da Previdência, o Planalto pedirá que as bancadas indiquem nomes para cargos comissionados

O governo Jair Bolsonaro deve publicar na mesma semana em que vai enviar a proposta de reforma da Previdência ao Congresso Nacional um decreto que abrirá caminho para nomeações de parlamentares da base em cargos da administração pública federal. Integrantes da Casa Civil querem que as bancadas de cada estado se...

Militares e PSL disputam a sucessão do ministro Secretaria-Geral, Gustavo Bebianno, no governo Bolsonaro

A iminente queda do ministro Gustavo Bebianno (Secretaria-Geral) – diante do agravamento da crise sobre as candidaturas laranjas, caso revelado pelo jornal Folha de S.Paulo – abriu nos bastidores do governo uma disputa sobre o futuro da pasta. Disputam o comando do ministério, localizado no privilegiado quarto andar do Palácio...

O ministro da Secretaria-Geral, Gustavo Bebianno, disse que “quando acabar” a sua participação no governo, e “se sentir vontade”, vai “dar satisfações”

O ministro da Secretaria-Geral, Gustavo Bebianno, disse no sábado (16) que “quando acabar” a sua participação no governo, e “se sentir vontade”, vai “dar satisfações”. A frase foi dita em resposta ao ser questionado sobre seu desafeto, o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro. O ministro, que deve...

O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, prepara uma “faxina” em cargos de diretoria e coordenadoria da Casa controlados pelo MDB

Apesar do discurso de pacificação adotado após ser eleito presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP) prepara uma “faxina” em cargos de diretoria e coordenadoria da Casa controlados pelo MDB. O alvo são servidores apadrinhados por seus antecessores – Eunício Oliveira (CE), José Sarney (AP) e Renan Calheiros (AL). As informações...

Comissões do Senado reiniciam atividades sob novos comandos

Depois de uma semana de articulações dos líderes dos partidos políticos com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), foram eleitos por aclamação, em chapas únicas e sem disputas entre as bancadas, os comandos das comissões permanentes. A partir desta semana começam as atividades legislativas. No Senado, há 15 comissões permanentes....

O governo federal quer mudar lei para abrir vaga a militares da reserva no serviço público

O número de militares no governo Jair Bolsonaro, que já chama a atenção, pode crescer ainda mais. Com o dinheiro cada vez mais curto para suprir a deficiência de mão de obra no serviço público, o governo quer ter maior liberdade para aproveitar militares da reserva em outras atividades, incluindo...

Demissão do ministro-geral da Presidência, Gustavo Bebianno, é dada como certa por integrantes do governo

A demissão do ministro-geral da Presidência, Gustavo Bebianno, é dada como certa por integrantes do governo, mesmo depois da mobilização de outros ministro e aliados em defesa dele. A crise, que começou com suspeitas em torno do financiamento eleitoral do PSL, passa pela influência dos filhos do presidente no governo. O...

O ex-presidente Lula disse que é inocente e que vai recorrer de pena na Operação Lava-Jato

Ao receber a intimação da sentença que o condenou no processo do sítio de Atibaia, na sexta-feira (15), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva escreveu que é inocente e que irá recorrer. "Não reconheço a legitimidade dessa sentença, sou inocente, por isso vou recorrer", escreveu Lula ao assinar o...