Últimas Notícias > Notícias > Brasil > A Agência Nacional do Petróleo liberou a venda direta de etanol a postos de gasolina

O Grêmio venceu o Monagas da Venezuela por a 2 a 1 e está matematicamente garantido nas oitavas de final da Copa Libertadores da América

Vitória tricolor foi definida com uma cobrança de pênalti nos descontos. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Jogando com apenas cinco titulares no estádio Monumental de Maturín, na Venezuela, na noite dessa terça-feira (15), o Grêmio venceu o Monagas por 2 a 1. Com esse resultado, o Tricolor chegou aos 11 pontos, manteve a liderança do Grupo 1 e se classificou matematicamente para as oitavas de final da Copa Libertadores da América.

O placar foi construído no segundo tempo. Quem marcou primeiro foi o time gaúcho, com o volante Ramiro aos 26 minutos. Aos 46, já nos acréscimos, os donos da casa empataram com um gol contra do zagueiro Kannemann. Quando tudo indicava um desfecho frustrante para o Mosqueteiro, dois minutos depois o meia Cícero sofreu um pênalti: o atacante Jaílson chutou forte, rasteiro e certeiro, aos 51 minutos. Fim de jogo.

A outra vaga já havia sido garantida pelo Cerro Porteño, segundo colocado no grupo. O time paraguaio bateu fora de casa o Defensor do Uruguai por 1 a 0, também nesta terça, somando 10 pontos e ainda com chance de ultrapassar o Tricolor na tabela.

O primeiro lugar no grupo (e, consequentemente, os respectivos adversários de cada clube) será decidido na última rodada desta primeira fase, quando o Grêmio enfrentará o Defensor, na Arena, e o Cerro receberá o lanterna Monagas. Ambos os confrontos estão marcados para as 19h15min da próxima quarta-feira (23).

Escalações

O Grêmio do técnico Renato Portaluppi atuou com Marcelo Grohe, Madson (Lima), Pedro Geromel, Kannemann, Bruno Cortez, Michel, Jailson, Ramiro, Cícero, Alisson (Maicosuel) e Thonny Anderson (Thaciano).

Já o Monagas, sob o comando do treinador Jhonny Ferreira, escalou Baroja, Ismael Romero, Chacón (Dager Palacios), Trejo, Oscar González, Agnel Flores, Carlos Suárez, Javier García, Luis González, Cádiz e Christian Flores (Reyes).

Deixe seu comentário: