Segurança de Bin Laden é deportado

Nessa sexta-feira, um tunisiano identificado apenas como “Sami A.”, que atuou como guarda-costas do líder terrorista saudita Osama bin Laden (1957-2011) foi deportado da Alemanha para o seu país de origem. A medida contrariou uma ordem da Justiça de Berlim, motivada pelo risco de que Sami seja submetido a torturas.

Deixe seu comentário: