Últimas Notícias > Capa – Caderno 1 > A Argentina investiga se houve uma explosão no local onde o submarino desapareceu

A tela do iPhone X não funciona direito em clima frio, mas a Apple diz que já está corrigindo

Usuários reclamam que a tela se torna irresponsiva ao toque em dias mais frios. (Foto: Reprodução)

O mais novo modelo de celular da Apple não está agradando muito. Depois de serem listados problemas de tela, de ângulo de visão, fragilidade e de sistema, agora os usuários do iPhone X apontaram problemas da capacidade do touchscreen. De acordo com alguns relatos, a tela se torna irresponsiva ao toque em dias mais frios.

A recomendação oficial da companhia é de que seus aparelhos devem ser manuseados entre 0 e 35 graus Celsius, mas as reclamações relatam que o problema acontece dentro desta escala. No Reddit, um usuário contou que em, literalmente, dois segundos ao ar livre a tela já se torna irresponsiva. “Tento deslizar pela tela e ele (o aparelho) não registra minha digital”, reclama.

A Apple já se pronunciou sobre a situação e afirmou que o problema será corrigido na próxima atualização do iOS.
“Estamos cientes dos casos em que a tela do iPhone X se torna temporariamente irresponsiva ao toque depois de uma mudança rápida para um ambiente frio. Depois de vários segundos, a tela volta a ser responsiva. O problema será abordado em uma próxima atualização de software”, comunicou a empresa.

Aparentemente, o problema está acontecendo apenas com algumas unidades do iPhone X.

Em entrevista concedida a uma revista de design, Jony Ive, chefe de design da gigante da Apple, revelou mais algumas coisas sobre o iPhone X. Ele disse que o novo smartphone manterá uma constante evolução, uma vez que, ao longo do tempo, ele apresentará novos recursos graças ao seu software.

“O que acho notável sobre o iPhone X é que suas funcionalidades são determinadas pelo software. E por causa da natureza fluida do software, esse produto vai mudar e evoluir. Em 12 meses, este aparelho poderá fazer coisas que não pode agora. Eu acho que isso é extraordinário. Eu acho que vamos olhar para trás e ver isso como um ponto muito significativo em termos dos produtos que estamos desenvolvendo”, disse Ive.

Ao que parece, as mudanças de design implementadas no iPhone X serão o novo padrão da Apple para seus novos smartphones e, a partir de agora, tudo se dará no campo do software.

A empresa rejá vinha enfrentando reclamações por problemas enfrentados com a fraca demanda pelos iPhones 8 e 8 Plus.

Não é barato

O iPhone X foi colocado à venda por cerca de US$ 1 mil (R$ 3,2 mil) nos Estados Unidos, e é o mais caro da história da Apple. O site da empresa no Brasil ainda não informou a data da chegada da novidade ao País, mas já é possível saber o preço e escolher cor e modelo. O de 64 GB custa R$ 7 mil e o de 256 GB sai por R$ 7,8 mil.

A pré-venda online começou em 27 de outubro em 55 países e as unidades disponíveis acabaram em menos de 10 minutos. E, quando os aparelhos chegaram às lojas, longas filas se formaram ainda na madrugada. O impacto no desempenho financeiro da empresa com sede na Califórnia foi imediato. As ações da Apple subiram 3%.

Deixe seu comentário: