Últimas Notícias > Notícias > A “Primavera dos Museus” agita a programação cultural de Porto Alegre nesta semana

Um avião caiu na Colômbia e matou as 14 pessoas que estavam a bordo

Imagem captada pelas equipes de resgate mostra a aeronave DC-3 destruída. (Foto: Reprodução)

A queda de uma aeronave DC-3 perto da cidade de Villavicencio, no centro-leste da Colômbia, provocou a morte das 14 pessoas que estavam a bordo, de acordo com a agência de aviação civil do país.

“Com dor fomos informados de uma tragédia aérea hoje”, afirmou o presidente Iván Duque, que estava no município de Saravena, no departamento de Arauca (nordeste do país).

A aeronave tinha número de registro HK-2494 e viajava de San José del Guaviare a Villavicencio, informaram as autoridades. A queda ocorreu numa área rural de La Bendición.

Os 14 ocupantes do vôo morreram, segundo a Defesa Civil. “Infelizmente, de acordo com as informações fornecidas pelas agências de resgate que chegaram à região, não há sobreviventes”, informou a Aeronáutica Civil da Colômbia.

Entre as vítimas estão a prefeita do município de Taraira, Doris Villegas, seu marido e sua filha. Também foram identificados o piloto Jaime Carrillo, o copiloto Jaime Herrera e um técnico de aviação chamado Alex Moreno.

O DC-3, um avião bimotor de fabricação norte-americana, pertencia a Laser Aéreo, empresa de transporte de cargas e passageiros, que se recusou a comentar sobre o acidente.

De acordo com a equipe de bombeiros, a aeronave caiu em uma área despovoada e pegou fogo.

O coronel Jorge Martínez, diretor de Defesa Civil no departamento de Meta, cuja capital é Villavicencio, informou que a possível a causa do acidente pode ser falha de um dos motores.

“Quando sobrevoavam o município de San Martin, um motor desligou, e o piloto tentou pousar (…) Mas saiu do controle”, disse Martínez.

Aeronáutica Civil, porém, não informou as causas do acidente.

Deixe seu comentário: