Sábado, 29 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Notícias Preparativos para a Expointer deste ano estão a todo o vapor no Parque de Exposições em Esteio

Feira acontece de 24 de agosto a 1º de setembro em Esteio. (Foto: Divulgação/Acervo Seapdr)

Com uma oferta de R$ 2,32 milhões, a empresa Multi Limp Prestação de Serviços Terceirizados é a vencedora do pregão eletrônico que definiu o responsável pela exploração dos serviços de bilheteria e estacionamento da quadragésima-segunda edição da Expointer. A feira será realizada de 24 de agosto a 1º de setembro no Parque Estadual de Exposições Assis Brasil, em Esteio (Região Metropolitana).

O resultado foi divulgado pela Celic (Subsecretaria Central de Licitações), órgão vinculado à Seplag (Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão), órgão do governo do Estado. De acordo com o edital, os valores de ingresso para o público visitante serão os seguintes: R$ 13 para pedestres, R$ 6 a meia-entrada e R$ 32 a vaga de estacionamento.

Também foi definido o número mínimo de funcionários que a empresa terá que disponibilizar em cada portão de acesso ao Parque, localizado na rodovia BR-116, a cerca de 25 quilômetros de Porto Alegre. A homologação do resultado consta na edição da última sexta-feira do DOE (Diário Oficial do Estado), disponível no site www.diariooficial.rs.gov.br.

A movimentação no local – que já está totalmente voltado para o evento – começou nos primeiros dias deste mês. Trata-se de um dos eventos mais tradicionais do agronegócio no País e também a maior feira a céu aberto de toda a América Latina. A Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural também promove no local a Expoleite/Fenasul, em maio.

Embora o imaginário coletivo associe o parque de Esteio (inaugurado em 1970) à Expointer (realizada desde 1972), ao longo do ano os seus mais de 140 hectares recebem uma programação que inclui leilões de animais, provas dos cavalos árabe e manga-larga, mostra de carros, encontros religiosos e cursos de formação, dentre outros.

Desempenho

No ano passado, a Expointer movimentou negócios que totalizaram mais de R$ 2,3 bilhões, montante 13% superior ao registrado em 2017. O segmento de máquinas e implementos agrícolas apresentou crescimento de 18,8%, ao passo que o Pavilhão da Agricultura Familiar vendeu 40,3% a mais e os estandes de artesanato tiveram faturamento adicional 16,18% no mesmo comparativo. Já a comercialização de animais caiu 3,6%.

E se os resultados de comercialização agradaram os expositores, o volume de público também não deixou a desejar. Apesar da chuva que castigou a feira nos últimos dias da quadragésima-primeira edição, em mais de uma semana circularam pelo Parque de Exposições Assis Brasil aproximadamente 370.581 pessoas.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Notícias

Aprovada a reforma da Previdência, é hora de comprar dólar? Saiba o que dizem economistas
Fique bem-informado antes de sair de casa; confira cinco principais notícias desta segunda
Deixe seu comentário
Pode te interessar