Segunda-feira, 17 de Fevereiro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
31°
Fair

Esporte O Inter venceu a Universidad de Chile por 2 a 0 e se aproxima da fase de grupos da Libertadores 2020

Na próxima fase preliminar, o adversário do Inter será o Tolima. (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

O Inter recebeu, na noite desta terça-feira (11), a Universidad de Chile, em confronto que finalizou a segunda fase preliminar da Libertadores. Iniciado às 19h15min, o duelo, acompanhado por mais de 41 mil pessoas, foi encerrado com vitória do Colorado pelo placar de 2 a 0, gols de Boschilia e Marcos Guilherme.

Com o triunfo, o time gaúcho avança para a terceira fase preliminar do mais prestigiado torneio do continente, última antes dos grupos. O adversário nesta etapa será o Tolima, que voltou a vencer o Macará, também na noite desta terça.

O time comandado por Eduardo Coudet iniciou a partida em ritmo intenso, encurralando os chilenos em seu campo de defesa e não permitindo respiro algum aos visitantes. Antes de serem completados 10 minutos, já eram quatro as boas oportunidades do Colorado, que esbarrou tanto em defesas do goleiro Campos, quanto da zaga – que inclusive chegou a usar a mão, com Moya, em penalidade ignorada pela arbitragem.

A Universidad conseguiu reduzir a intensidade colorada ao longo da segunda metade da etapa inicial. Atento e ofensivo, contudo, o Inter conseguiu abrir o placar ainda no primeiro tempo. Após pressão na saída de bola rival, Boschilia recuperou a posse na intermediária. Dos pés dele mesmo, veio o primeiro gol da noite.

Apesar da vantagem no placar, o Inter retornou a campo na etapa final disposto a ampliar a diferença no escore. Para tanto, reeditou, nos primeiros 10 minutos, o roteiro do primeiro tempo, criando grandes oportunidades em sequência. Dono da posse, o Colorado, com a entrada de Marcos Guilherme na vaga de D’Alessandro, permitiu-se ao luxo de explorar os espaços que o desesperado time chileno deixava em sua defesa. Exatamente de um destes, aos 30 minutos partiu o camisa 23, que, após deixar dois marcadores no chão, estufou as redes visitantes e garantiu o segundo e último tento alvirrubro no duelo.

Ainda na fase da pré-Libertadores, o Inter volta a campo em partida no próximo meio de semana, quando abre, fora de casa, o duelo por vaga nos grupos do torneio. Antes disso, no próximo sábado (15) o Beira-Rio será palco de Grenal, confronto único da semifinal do primeiro turno do Gauchão.

Ficha técnica

Internacional: Marcelo Lomba; Rodinei, Rodrigo Moledo, Cuesta e Moisés; Musto (Johnny), Rodrigo Lindoso, Edenilson, Patrick (Gabriel Boschilia); D’Alessandro (Marcos Guilherme) e Paolo Guerrero. Técnico: Eduardo Coudet.

Universidad de Chile: Campos, Matías Rodriguez, Diego Carrasco, Del Pino e Beausejour; Camilo Moya, Sebastián Galani, Aránguiz (Zacaría) e Cornejo (Gonzalo Espinoza); Henríquez (Franco Lobos) e Larrivey. Técnico: Hernán Caputto.

Arbitragem: Esteban Ostojich (URU), auxiliado por: Carlos Barreiro (URU) e Horacio Ferreiro (URU).

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

Inter e Universidad de Chile se enfrentam no Beira-Rio pela pré-Libertadores; acompanhe
Plataforma de Atlântida recebe torneio de beach tennis
Deixe seu comentário
Pode te interessar