Últimas Notícias > Colunistas > TRF, Lula e Moro

A apresentadora Silvia Abravanel disse ter orgulho de ter sido adotada por Silvio Santos

Ela contou que nunca se sentiu mal por ser adotada. (Foto: Reprodução)

Silvia Abravanel, filha de Silvio Santos, participou do quadro “Com o Passar dos Anos”, no “Programa da Eliana”, nesse domingo (26). No bate-papo, Silvia contou como descobriu ser filha adotiva. Ela foi adotada quando tinha apenas três dias de vida, quando o apresentador ainda era casado com Maria Aparecida Vieira, conhecida como Cidinha Abravanel.

“Eu acho que eu tinha uns 6, 7 ou 8 anos. Por aí. Eu ouvia esse termo das minhas irmãs e achava que era doente. Eu cheguei para o meu pai e perguntei: ‘pai, eu tenho alguma doença chamada adotiva?’. Aí ele chamou a mim, a Cintia e a Daniela e explicou que eu não era uma filha da barriga da mamãe, mas que eu era uma filha do coração”, explicou.

Silvia também contou que nunca se sentiu mal por ser adotada. “Isso nunca me trouxe problema, sempre tive orgulho de ter sido adotiva. Pra mim eu fui um presente pro meu pai, um presente do coração”.

A apresentadora até tentou descobrir mais sobre sua família biológica, mas desistiu depois de um tempo. “Eu tinha curiosidade porque todas as pessoas falavam: ‘pareço com meu pai, pareço com a minha mãe’. Eu perguntava: eu pareço com quem? Eu tentei até ir atrás, mas chegou um momento que eu vi que algumas pessoas iriam ficar machucadas, então eu deixei isso para lá. O que importa é quem me criou, quem me deu carinho, quem me deu atenção”, garantiu.

Nudez

Diretora de TV e recém-consagrada apresentadora do “Bom Dia & Cia”, Silvia Abravanel, a filha número dois de Silvio Santos, disse que é contra nudez na televisão.

“Eu abomino peitos e bundas na TV. Gosto de filmes, desenhos e séries de conteúdo”, revelou Silvia em entrevista a Thammy Miranda, Val Marchiori, Ciça Camargo e Sheila Mello no quadro “Elas Querem Saber”, do Raul Gil (SBT).

Formada em medicina veterinária em 1998, Silvia Abravanel nunca exerceu a profissão para se dedicar à filha especial. Atualmente é diretora de núcleo infantil do SBT, mas já se aventurou também como apresentadora à frente de outros dois programas, o “Casos da Vida Real” e o “Cor de Rosa”, ambos exibidos pela emissora em 2004.

Silvia assumiu o comando do programa infantil no lugar de Matheus Ueta e Ana Julia, apresentadores mirins que foram afastados da atração, em 2015, por uma decisão da Justiça de São Paulo, que via a necessidade de uma adequação nos horários das crianças. A filha de Silvio Santos, que agradou os executivos da emissora, então, assumiu definitivamente a apresentação do programa ao lado das crianças.

Tia

Silvio Santos não poupa nem suas filhas dos comentários ácidos. Em seu programa, ele chamou sua filha Silvia de “tia”, depois que ela participou do “Jogo dos Pontinhos”, enfrentando a irmã, Patrícia.

“Deixa eu ver como você está vestida. Você no ‘Bom Dia e Cia.’ faz só com sapato baixo?”, perguntou Silvio, recebendo uma resposta positiva da filha. ” É, você parece uma tia, mesmo”, disparou.

Em seguida, ele resolveu importunar Patrícia, como de praxe: “você é muito exibida”. “Você ainda faz ‘nhém, nhém nhém’ na cama?”, perguntou.

 

 

 

Deixe seu comentário: