Últimas Notícias > Notícias > Brasil > Congresso encaminha ao menos 20 projetos para alterar regras eleitorais

Lasier Martins diz que “estamos diante de uma nova ditadura, que é a ditadura do STF”.

Senador gaúcho se diz "estarrecido". (Foto Divulgação/Senado Federal)

O senador Lasier Martins (Podemos-RS) se diz “estarrecido” com a decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal , que mandou o site “O Antagonista” e a revista “Crusoé” retirarem do ar “imediatamente” reportagem intitulada ‘amigo do amigo de meu pai’. A reportagem menciona o presidente do STF, Dias Toffoli. A direção da revista classifica o caso como censura. Lasier declarou ontem que “é de estarrecer o que está acontecendo: estamos diante de uma nova ditadura no Brasil, que é a ditadura do STF.”

PEC do plebiscito das privatizações só depois da Páscoa

Uma manobra do deputado Jefferson Fernandes (PT) sentando no processo que libera para votação em plenário a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) que acaba com o plebiscito para privatizações de estatais no Estado, joga para depois do feriado de Páscoa esta pauta. O deputado segurou a publicação do parecer aprovado na ultima sessão da Comissão de Segurança e Serviços Públicos, da qual é presidente, e com isso impediu que a proposta fosse colocada na pauta desta terça,ou mesmo da quarta-feira. Agora, a votação deve ocorrer na terça-feira, dia 23 de abril.

Diferença de números no diesel

Nesta terça-feira, o presidente Jair Bolsonaro ouve dos especialistas da Petrobras e da área econômica do governo a explicação que justifique como apenas um reajuste quinzenal do diesel chega a 5,7% , enquanto a inflação projetada para todo o ano de 2019 será de 4%.

Rombo dos cartórios extrajudiciais

Agora foi em São Paulo. Três cartórios extrajudiciais, situados nas praças de São Paulo, Guarulhos e Santos, deixaram de repassar valores devidos ao Fundo Especial de Despesa do Tribunal de Justiça, ao Fundo de Compensação dos Atos Gratuitos do Registro Civil das Pessoas Naturais e de Complementação da Receita Mínima das Serventias Deficitárias e à Carteira de Previdência das Serventias não Oficializadas da Justiça do Estado e também não pagaram imposto de renda. As dívidas dos cartórios chegaram a cerca de R$ 57 milhões.

STF já foi acionado 24 vezes contra medidas do governo Bolsonaro

Levantamento da Agência Estado aponta que,em três meses e meio de presidência de Jair Bolsonaro (PSL), o Supremo Tribunal Federal foi acionado ao menos 24 vezes para barrar medidas do Palácio do Planalto.

Como fica o déficit fiscal

O reajuste do salário mínimo apenas pelo índice da inflação dominou ontem o noticiário sobre o orçamento do governo federal do próximo ano. Porém, um dado importante ficou em segundo plano: o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias prevê ainda meta fiscal para 2020 em déficit de R$ 124,1 bilhões. Para 2021, a meta indicativa é de déficit de R$ 68,5 bilhões e para 2022 também de déficit de R$ 31,4 bilhões. O Congresso precisa aprovar o PLDO até 17 de julho, caso contrário não vote pode entrar em recesso.

Balão de ensaio testa o novo pacote de crédito rural

Um balão de ensaio foi noticiado, sinalizando para um pacote que poderá liberar R$ 20 bilhões em novos empréstimos com participação do Fundo de Aval Fraterno, para que produtores rurais renegociem dívidas passadas e financiem as próximas safras. O anúncio feito pelo deputado Jerônimo Goergen, não agrada ao setor, devido ao juro elevado, que seria de TJLP, mais 4% ao ano, fechando em torno de 12% ao ano. Mas,como é balão de ensaio, o governo deverá lançar a proposta final melhorada, após avaliar as reações desta informação não oficial.

Deixe seu comentário: