Home > Notícias > Brasil > Começam as inscrições para o Prêmio Petrobras de Jornalismo

Morre a atriz Irene Stefânia, musa do cinema brasileiro da década de 1960

Irene havia trocado a carreira artística pela atuação como terapeuta. (Foto: Reprodução)

O colunista Ancelmo Góis, do jornal O Globo, confirmou a morte da atriz paulistana Irene Stefânia, 72 anos, na última quinta-feira. A causa do falecimento não foi informada.

Uma das musas do cinema brasileiro da segunda metade da década de 1960, ela atuou em mais de 20 filmes, tais como O Alegre Mundo de Helô (de Carlos Alberto de Souza Barros), Lance Maior (Sylvio Back), Fome de Amor (Nelson Pereira dos Santos), Mãos Vazias (Luiz Carlos Lacerda) e Os Paqueras (Reginaldo Faria).

A carreira, trocada no final dos anos 1970 pela atividade de psicóloga terapeuta, foi retomada em 1987 com Anjos do Arrabalde (Carlos Reichenbach), O Signo da Cidade (Carlos Alberto Riccelli) e montagens do grupo teatral Satyros entre 2003 e 2008. Na TV, a sua trajetória incluiu apenas três novelas: Tempo de viver (1972), Supermanoela (1974) e Música ao longe (1982).

 

 

 

 

Comentários

Notícias Relacionadas: