Últimas Notícias > Notícias > Brasil > A Mega-Sena poderá pagar um prêmio de 22 milhões de reais neste sábado

Mulheres protestaram no tapete vermelho do Festival de Cannes pela igualdade nos postos de trabalho

Cate Blanchett, presidente do júri este ano, liderou o movimento que contou com 82 mulheres. (Foto: Reprodução)

Em um ato reivindicativo, 82 mulheres do mundo cinema – como Jane Fonda, Claudia Cardinale, Salma Hayek, Marion Cotillard, Kirsten Stewart e Cate Blanchett – protestaram no tapete vermelho do tradicional Festival de Cannes. Cate, que preside neste ano o júri da competição oficial do evento, e a veterana cineasta francesa Agnès Varda leram um manifesto no qual exigiram “igualdade e diversidade real nos postos de trabalho”.

“Queremos trabalhar mano a mano com nossos colegas masculinos e assumir responsabilidades para criar em frente e atrás da câmera imagens que permitam uma tomada de consciência”, afirmaram a atriz e a cineasta. “As mulheres não são uma minoria no mundo e, no entanto, o estado atual da nossa indústria diz o contrário. Queremos que isso mude”, acrescentaram.

Após mostrar sua “solidariedade com as mulheres” de todos os setores, o grupo pediu às instituições que trabalhem ativamente para conseguir a paridade e a transparência nas decisões e na seleção de pessoal, e aos governos que apliquem as leis sobre igualdade salarial.

“Como mulheres enfrentamos desafios únicos, mas hoje estamos juntas nestas escadas como símbolo da nossa determinação e compromisso com o progresso”, disse Blanchett, que completou: “É o momento para que todos os degraus da nossa indústria nos sejam acessíveis”.

A leitura terminou com um ato que contou também com Patty Jenkins, Julie Gayet, Léa Seydoux, Virginie Ledoyen, Ava DuVernay, Alice Rohrwacher, Cristina Gallego, Clémence Poésy, Clotilde Courau e a brasileira Beatriz Seigner.

No total 82 personalidades do mundo do cinema, tanto produtoras e atrizes como técnicas, roteiristas, distribuidoras ou agentes, representavam as 82 diretoras cujos filmes competiram nas 71 edições do Festival de Cannes. Um número ridículo se comparado com o de 1.688 diretores que concorreram em Cannes durante estes anos, segundo os dados citados por Blanchett.

Deixe seu comentário: