Últimas Notícias > | > Mega-Sena: ninguém acerta as seis dezenas e prêmio vai a R$ 48 milhões

Prisão perpétua de enfermeiro

O Ministério Público alemão solicitou nesta quinta-feira (16) uma sentença de prisão perpétua para o ex-enfermeiro Niels Högel, acusado de matar mais de uma centena de pacientes com injeções letais. A promotoria em Oldenburg (norte da Alemanha) diz estar convencida de que o homem de 42 anos, já condenado à prisão perpétua pela morte de seis pacientes, matou outras 97 pessoas entre 2000 e 2005.

Deixe seu comentário: