Home > Notícias > Brasil > Denúncia contra o presidente Michel Temer ameaça paralisar os trabalhos na Câmara dos Deputados nesta semana

Professores participam de curso de formação de agentes de leitura da 16ª Jornada de Literatura

Multiplicadores da leitura. (Foto: Gelsoli Casagrande)

Uma das primeiras ações da Pré-Jornada e da Pré-Jornadinha foi realizada nesta quarta-feira (31), no auditório da Biblioteca Central, Campus I da UPF (Universidade de Passo Fundo). Cerca de 150 professores participaram do curso de formação de agente de leitura, promovido pela comissão organizadora da 16ª Jornada e da 8ª Jornadinha Nacional de Literatura, que acontecem de 2 a 6 de outubro, em Passo Fundo. O curso é gratuito e terá atividades ao longo dos meses que antecedem à Jornada.

Os agentes de leitura serão os responsáveis pela mobilização e pelo planejamento da leitura das obras em cada escola durante as ações da Pré-Jornada e da Pré-Jornadinha, que são o período de leitura e a análise das obras dos autores que participarão das Jornadas Literárias, em outubro. De acordo com um dos coordenadores da Jornada, professor Miguel Rettenmaier, o curso visa capacitar os professores, que serão os multiplicadores da leitura de tais obras nas escolas. “Esses professores serão uma espécie de ‘embaixadores’ da Jornada. Eles também são os responsáveis pela formação de leitores, por isso possuem um papel fundamental e uma responsabilidade muito grande nesse processo”, enfatiza Rettenmaier.

Durante o primeiro encontro, foi feita uma demonstração das práticas leitoras e da proposta de multiplicação de leitura. Além disso, foi apresentado um resumo de uma das principais novidades da Pré-Jornada e Pré-Jornadinha, o JornadApp, que é o aplicativo oficial da Jornada, patrocinado pela BSBIOS, e que será divulgado em breve pela organização do evento. Nas atividades em que esse aplicativo será utilizado, os agentes de leitura terão papel fundamental.

Tais agentes serão formados nas ações da Jornada e, posteriormente, certificados, em um processo permanente de fortalecimento das ações de leitura. Na atual modalidade, o projeto “A leitura multiplicada: a formação do agente de leitura” envolverá profissionais de educação da rede pública e privada de Passo Fundo e região. O curso terá uma duração de 40 horas e ocorrerá nas modalidades presencial e on-line, com difusão e aplicação de materiais produzidos pela organização das Jornadas Literárias nas demandas dos agentes de leitura.

A professora Fabiane Verardi Burlamaque, também coordenadora da Jornada, revela que entre os objetivos do projeto “Agentes de leitura” está o de envolver alunos e professores nas Jornadas Literárias, cujo papel é incentivar a leitura, o encontro de leitores, escritores, artistas, pesquisadores, professores, educadores, alunos, intelectuais e comunidade leitora. “Queremos mobilizar a cidade, em especial, as escolas, os professores, que possuem um papel essencial na formação de leitores. O curso de formação é uma forma de orientar, mas, acima de tudo, de valorizar esse profissional, que terá o papel de incentivar os alunos a ler, interpretar e escrever, valorizando a leitura, o escritor, o livro e a literatura”, salienta Fabiane.

A Jornada Nacional de Literatura é uma movimentação cultural permanente que tem como objetivo formar leitores críticos, autônomos e esteticamente sensíveis. Os agentes de leitura têm uma importância significativa nesse contexto. “Eu vejo o agente de leitura não como alguém que ensina a leitura, mas alguém que contagia a leitura. A leitura permeia por várias disciplinas. Penso que ela é imprescindível e fundamental para tornar leitores críticos do mundo”, declara o agente de leitura, o professor Jair Pereira Junior.

A 16ª Jornada Nacional de Literatura e a 8ª Jornadinha Nacional de Literatura são realizadas pela Universidade de Passo Fundo e pela Prefeitura de Passo Fundo. Os eventos contam com os patrocínios do Banrisul, da Corsan, do Sesi, da BSBIOS e da Companhia Zaffari & Bourbon e com o apoio do Ministério da Cultura, além da parceria cultural do Sesc, dentre outras empresas e órgãos. As inscrições para a Jornada e para a Jornadinha estão abertas e são limitadas. Os interessados devem se inscrever no portal www.upf.br/16jornada. A programação completa também está disponível no site da Jornada. Informações podem ser obtidas pelo e-mail jornada@upf.br ou pelo telefone (54) 3316-8368.

O que é a Pré-Jornada e a Pré-Jornadinha
A Pré-jornada e a Pré-Jornadinha acontecem nos meses que antecedem a Jornada e a Jornadinha, por meio de encontros para análise e interpretação das obras cujos autores participarão da 16ª Jornada Nacional de Literatura e da 8ª Jornadinha Nacional de Literatura.

Em 2017, a Pré-Jornada estará associada também ao trânsito dos leitores pela cidade de Passo Fundo.  A Pré-Jornadinha, que envolve alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, contará com a participação de professores da UPF, da Prefeitura de Passo Fundo e da 7ª Coordenadoria de Educação do Estado do Rio Grande do Sul, que atuarão como mediadores do conhecimento, auxiliando no desenvolvimento das atividades propostas no material de apoio que será constituído de atividades em meio digital, elaboradas para aplicação em salas de aula, na conexão via computadores e mobiles.

Comentários