Últimas Notícias > | > O preço ainda limita a venda de carros elétricos no Brasil

O projeto para revitalizar o Parque da Redenção, em Porto Alegre, terá um investimento de 3 milhões e 800 mil reais

Prefeito fez o anúncio na manhã desta quarta-feira (23) durante visita ao local. (Foto: Jefferson Bernardes/PMPA)

Nos próximos dias, o Parque Farroupilha (Redenção), em Porto Alegre, será revitalizado em diversos pontos. As obras começaram na manhã dessa quarta-feira, com a presença do prefeito Nelson Marchezan Júnior. O investimento é de R$ 3,8 milhões, provenientes de um Termo de Conversão em Área Pública e da SMSUrb (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos). A previsão é que os trabalhos sejam concluídos em 60 dias.

De acordo com o prefeito, todas as áreas do parque receberão melhorias. “Nossa previsão é que a entrega seja realizada até o início de dezembro, quando planejamos um grande evento festivo de Natal”, disse ele. Para ampliar a segurança, Marchezan explica que a prefeitura está concentrando algumas ações, como manter a poda elevada para dar uma visão de maior extensão do parque. “A PPP da iluminação pública será outro fator importante para melhorarmos a segurança no local”, completou.

Serviços

O parque será requalificado com colocação de saibro rosa em cerca de 60 mil metros quadrados de área, execução de nova academia de ginástica próximo ao Viaduto Imperatriz Dona Leopoldina (avenida João Pessoa), reforma em três recantos infantis, restauro da Fonte Luminosa, qualificação dos Recantos Alpino, da Ilha e Europeu, reparos no embarcadouro, recuperação do prédio do antigo Postinho e do eixo central (próximo ao Expedicionário) e renovação das áreas de convivência.

Iluminação cênica

A Fonte Luminosa receberá reforma nas fiações elétrica e hidráulica, além de elementos anti-furto das bombas e aspersores. Também serão instalados refletores de iluminação cênica. No espaço do Recanto Alpino, será realizada repintura das estruturas em ferro, conserto do portão, recuperação do banco em granito, conserto dos pavimentos e projeto paisagístico.

Já a qualificação do Recanto da Ilha abrange limpeza e reparos na pavimentação e plantio de grama. O espaço do embarcadouro (antigo café) receberá reparos e pintura, assim como o Recanto Europeu. A edificação do Postinho (antiga bilheteria) receberá serviços de pintura, vidraçaria, troca de revestimentos e pavimentação.

“Trata-se de um momento muito importante para cidade. A ideia é realizarmos o máximo de serviços de qualificação para que passemos a contar, ainda neste ano, com uma área renovada, valorizando ainda mais o parque mais querido da cidade”, destacou o secretário municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade, Germano Bremm.

Melhorias

As melhorias estão orçadas em R$ 3.398.527,43 e os recursos são provenientes de TCAP, firmado com a empresa Cyrela Sul Empreendimentos Imobiliários, para implantação de edificação na Rua Cabral, 521.

Paralelamente ao TCAP, a prefeitura está viabilizando, por meio da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos, a pintura de 390 bancos, a recuperação de 200 metros quadrados de pedra portuguesa, a recuperação de 250 m de basalto e a substituição de 106 lixeiras.

Os serviços já foram iniciados. Além disso, a área do Parque Ramiro Souto (espaço esportivo dentro da Redenção) irá receber consertos que incluem troca e instalação de novas telas, pinturas e demarcações nas quadras de vôlei, de futebol de salão, de basquete, na quadra poliesportiva, campos de futebol 1 e 2, na academia e no recanto infantil.

“A Redenção é um dos parques mais importantes da cidade e carecia, há muito tempo, de uma atenção e de uma revitalização completa. E a série de revitalizações que será feita aqui permitirá que o cidadão de bem retorne a ocupar esse espaço fazendo com que ele se torne ainda mais seguro,” disse o secretário de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário.

TCPA

O Termo de Conversão compreende percentual de doação de área pública do empreendimento, no valor total de R$ 6.167.000,00, e estabelece compromissos advindos das diretrizes da aprovação do estudo de viabilidade urbanística para parcelamento do solo, na modalidade desmembramento.

A título de conversão da área de destinação pública decorrente do parcelamento do solo, a empresa deverá ainda qualificar o Centro de Saúde Santa Marta e o Centro de Saúde Modelo, além de quatro escolas de educação infantil e o Centro Municipal de Educação dos Trabalhadores.