Últimas Notícias > CAD1 > O presidente do Grêmio foi até a sede da Conmebol para protestar contra a arbitragem da decisão da Copa Libertadores

Sede do governo dos Estados Unidos ameaçada por drone

Voo rasante de pequeno drone bloqueou a Casa Branca. (Foto: Reprodução)

A Casa Branca ficou bloqueada por alguns instantes depois que o Serviço Secreto parou um indivíduo que guiava um drone em um parque adjacente. Em um comunicado, o Serviço Secreto disse que o homem foi detectado enquanto controlava o dispositivo Bebop, da Parrot, no parque Lafayette, a uma altitude de cerca de 35 metros.

O homem foi preso por agentes do Serviço Secreto uniformizados e o parque – cheio de pessoas na hora do almoço em um dia ensolarado de primavera – foi rapidamente retirado e a Casa Branca, confinada.

“Como medida de precaução, o pequeno VANT (veículo aéreo não-tripulado)  foi monitorado e declarado seguro”, disse o Serviço Secreto, que divulgou uma fotografia do quadricóptero vermelho – um modelo popular entre os consumidores, que leva uma câmera integrada.

O presidente Barack Obama estava em uma reunião com líderes do Golfo, em Camp David, Maryland, no momento do incidente.

Voar drones de qualquer tamanho é proibido na capital dos Estados Unidos, um ponto que a Administração Federal de Aviação está enfatizando em uma campanha de “área sem drones”, lançada no início desta semana.

Em janeiro, um modelo DJI Phantom – outro modelo de drone para uso civil – bateu contra o chão da Casa Branca depois que um funcionário público, que estava no comando, perdeu o controle do equipamento. O incidente foi considerado um acidente e nenhuma acusação foi feita contra ele.

Um Parrot Bepob similar, com um peso de cerca de 500 gramas, voou para dentro do Capitólio, em janeiro, enquanto uma comissão da Câmara dos Representantes debatia sobre a tecnologia dos aviões não-tripulados.

Deixe seu comentário: