Últimas Notícias > Notícias > Brasil > O Supremo teve aumento de 25% no número de visitantes neste ano

Serviço de patinetes elétricas será regulamentado nesta segunda em Porto Alegre

  (Foto: Divulgação/Grin)

O prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Jr., assina, na tarde desta segunda-feira (23), decreto que normatiza o serviço compartilhado de patinetes elétricas na capital. A regulamentação ocorre após diversas consultas públicas realizadas pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) desde maio e também do estudo de normatizações já vigentes em outras cidades. Desde o início do ano, o aluguel de patinetes estava operando em fase de testes na capital gaúcha. Com a regulamentação, mais empresas poderão se credenciar para oferecer este tipo de serviço.

Segundo a prefeitura, a ideia é que a normatização seja o menos restritiva possível, para viabilizar a possibilidade de empresas explorarem esse serviço e apoiar o crescimento desse meio de transporte alternativo. Com a normatização prestes a ser assinada em Porto Alegre, ações como o Dia Mundial Sem Carro, iniciativa da EPTC, realizadas na Orla do Guaíba nesse domingo (22), tem como foco a conscientização para o uso seguro desse meio de transporte alternativo.

De acordo com os gestores da EPTC, não houve registros significativos de acidentes com patinetes no período de estudos para a regulamentação. O caso do idoso atropelado por uma patinete em maio, é considerado isolado. Claudio Antonio Mendes, 71 anos, caminhava em uma calçada da Avenida Praia de Belas quando foi atingido por uma patinete elétrica. O próprio condutor prestou socorro. O idoso teve um dente quebrado, sofreu um corte na boca e ficou com hematomas no rosto.