Terça-feira, 25 de janeiro de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
25°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Saúde A popular bebida que duplica o risco de câncer do intestino

Compartilhe esta notícia:

Estudo revelou uma ligação sinistra entre bebidas açucaradas e o câncer de intestino. (Foto: Reprodução)

É uma das doenças mais mortíferas em todo o mundo – e aqueles que bebem certas bebidas podem estar em maior risco de desenvolver o tumor, reporta um artigo publicado no jornal britânico The Sun.

O câncer de intestino começa no intestino grosso e desenvolve-se sobretudo a partir de formações pré-tumorais, chamadas pólipos.

Nem todos os pólipos se tornam cancerosos, contudo quando detectados, os médicos tendem a removê-los de modo a prevenir o aparecimento da doença.

Mais ainda, se detectados precocemente os tumores intestinais podem ser curados – e levar um estilo de vida saudável pode fazer uma enorme diferença, reduzindo a probabilidade de contrair a patologia.

Uma pesquisa publicada na revista Gut revelou uma ligação sinistra entre bebidas açucaradas e a doença mortal.

Investigadores apuraram que os adultos que ingerem duas ou mais destas bebidas por dia “duplicam” o risco de sofrerem de câncer do intestino antes dos 50 anos – especialmente a população feminina.

Refrigerantes, bebidas aromatizadas com frutas e bebidas energéticas representam uma ameaça significativa, segundo o estudo.

O estudo monitorou 95.464 indivíduos ao longo de 24 anos, levando em conta o seu histórico familiar de câncer do intestino, estilo de vida e o que comiam e bebiam.

Ao longo dos anos, os pesquisadores descobriram que 109 mulheres desenvolveram aquele tumor antes dos 50 anos, sendo que estas haviam ingerido mais bebidas açucaradas durante a vida adulta.

Aquelas que bebiam duas ou mais porções de bebidas açucaradas diariamente apresentavam duas vezes mais chances de desenvolverem câncer do intestino, comparativamente mulheres que bebiam menos de uma dose por semana.

Cada dose diária de uma bebida adoçada com açúcar foi associada a um risco 16% mais elevado, um valor que subiu para 32% durante a adolescência.

Ao serem substituídas por bebidas artificialmente adoçadas, café ou leite magro, o estudo determinou que o risco de aparecimento do tumor era 36% menor.

Os peritos concluíram que o consumo de bebidas açucaradas pode contribuir significativamente para o surgimento precoce da doença.

Acrescentando: “reduzir a ingestão e/ou [substituição] com outras bebidas mais saudáveis entre adolescentes e adultos jovens pode ser uma potencial estratégia para aliviar a crescente incidência de câncer do intestino antes dos 50 anos de idade”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Saúde

HIRT: a nova modalidade de treino que você deveria estar fazendo
Brasileira de 22 anos é premiada após descobrir 25 asteroides em projeto da Nasa
Deixe seu comentário
Pode te interessar