Terça-feira, 04 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre

Agro Ação solidária une criadores da raça Crioula

Compartilhe esta notícia:

Leilão beneficente vai arrecadar recursos para tratamento de jovem que há três anos sofreu grave lesão cerebral, Stephanie Nunes de Medeiros.

Uma ação solidária entre criadores de cavalos Crioulos que teve seu início em 2013 está ocorrendo novamente este ano. São dois leilões, um físico e outro digital, em prol da reabilitação de Stephanie Nunes de Medeiros que há três anos sofreu uma parada cardiorrespiratória, permanecendo por 40 minutos sem oxigênio no cérebro, o que provocou uma grave lesão cerebral.

Filha do criador Ronei de Medeiros, de Balneário Camboriu (SC), a jovem que hoje está com 17 anos, permanece acamada e necessita de cuidados especiais. Durante os 90 dias em que Stephanie esteve hospitalizada, lutando para viver, chegou a ser iniciado um protocolo de morte cerebral, mas que foi cancelado porque ela apresentou reações, relata o irmão Rafael Medeiros.

O leilão digital com a oferta de 116 lotes de coberturas dos melhores cavalos da Raça Crioula do país já está no ar e segue até o próximo dia 30, no site da Trajano Silva Remates. E neste sábado, dia 21, acontece o leilão físico na pista G, do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), a partir das 18h30min. Também sob o comando da Trajano Silva serão ofertados 26 lotes. “São cavalos renomados e campeões que estão participando”, afirma Rafael.

O irmão de Stephanie salienta que a sua família fica muito feliz e comovida com o empenho dos criadores em ajudar uma menina que tem dito não para a morte diversas vezes. Segundo Rafael, a manutenção de toda a estrutura necessária entre equipamentos, medicamentos, fisioterapia, exames, fica em torno de R$ 7,5 mil mensais. “A família não tem condições de manter sozinha essa estrutura e um dos jeitos foi fazer um leilão beneficente”, conta Rafael.

Entre outubro e novembro de 2013 foi realizado o primeiro leilão que ajudou nas duas cirurgias que Stephanie fez em Passo Fundo (RS) para a implantação de uma válvula no cérebro que retira o líquido e ajuda na melhora da jovem que hoje embora não fale, consegue reagir a alguns estímulos, como aperto de mão e demonstrar sentimentos através do choro e do sorriso. “É uma boa causa e é muito importante que os criadores participem doando cobertura ou até comprando cobertura. A gente espera que dê resultado e seja um sucesso como foi a primeira edição. O nosso desejo para quem ajudar é que Deus abençoe a todos cada vez mais”, ressalta Rafael.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Agro

Expoleite Fenasul: hoje (19), abertura e banho de leite
Lei do leite vai garantir mais qualidade ao consumidor
Deixe seu comentário
Pode te interessar