Sábado, 12 de Junho de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
15°
Fair

Vôlei Ainda sem o técnico gaúcho Renan Dal Zotto, que se recupera da covid, a seleção brasileira masculina de vôlei se prepara para a Liga das Nações

Compartilhe esta notícia:

Seleção brasileira de vôlei durante treinos em Saquarema, no Rio. (Foto: Divulgação/CBV)

A seleção brasileira masculina de vôlei terá três amistosos antes do embarque para a Liga das Nações. O time nacional irá enfrentar a Venezuela nos próximos dias 21, 22 e 23, em uma preparação final antes do torneio na Itália, e as partidas serão com portões fechados na Arena Carioca 3, no Parque Olímpico, no Rio de Janeiro.

Com a ausência do técnico Renan Dal Zotto, que se recupera da covid-19 – ele segue internado em um hospital no Rio de Janeiro, mas já está em fase final de recuperação –, a equipe será comandada pelo assistente Carlos Schwanke, que terá toda a comissão técnica ao seu lado neste momento importante.

Brasil e Venezuela se enfrentarão às 19 horas no dia 21; às 17 horas no dia 22; e às 10h05 no dia 23. Neste mesmo dia do último amistoso, o grupo embarca para a Itália para a disputa da Liga das Nações. Todos os jogos terão transmissão ao vivo do SporTV 2, sendo que o terceiro será mostrado também pela TV Globo. Os dois países estão classificados para os Jogos Olímpicos de Tóquio-2020.

Segunda a gerente de seleções da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), Julia Silva, a decisão pelo comando da seleção foi tomada em conjunto. “O Schwanke e o Tabach, que são os assistentes do Renan, trabalham com a mesma filosofia nos treinamentos todos os dias aqui em Saquarema e, nós da CBV, temos total confiança de que seguirão toda a conduta considerada ideal neste momento. Conversamos com a comissão técnica e o nome do Schwanke é da confiança de todos”, disse.

Schwanke está satisfeito com a oportunidade de realização dos amistosos. “Estamos em uma fase muito importante da preparação. Agora com o grupo completo podemos ter a real situação em que todos se encontram fisicamente. Trabalho técnico e tático evoluindo bem durante as semanas. Acredito que os amistosos vão servir para nortear ainda mais a comissão técnica e preparar para o início da Liga das Nações. Os jogos amistosos serão muito importantes para dar oportunidade para todos jogarem”, concluiu o técnico interino.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Vôlei

Com quadro estável, técnico da Seleção Brasileira de Vôlei, o gaúcho Renan Dal Zotto, segue na UTI por causa de complicações da covid
Não é de hoje que a Confederação Brasileira de Vôlei sofre acusações de irregularidades. Entenda
Deixe seu comentário
Pode te interessar