Sábado, 19 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Fair

Rio Grande do Sul Após 50 anos, voos regulares de São Borja a Porto Alegre são retomados

Compartilhe esta notícia:

Viagem inaugural marcou o retorno dos serviços ao município da Fronteira Oeste do Estado

Foto: Divulgação/Prefeitura de São Borja
Viagem inaugural marcou o retorno dos serviços ao município da Fronteira Oeste do Estado - Foto: Divulgação / prefeitura de São Borja

Foram retomadas na quinta-feira (21) as operações regulares dos voos entre São Borja e Porto Alegre. Após 50 anos de inatividade, uma viagem inaugural marcou o retorno dos serviços no município da Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul.

As operações são realizadas às segundas, terças, quintas e sextas-feiras, com saída de Porto Alegre às 13h15min e retorno, a partir do aeroporto João Manoel, às 15h30min. A Two Flex – empresa responsável pelos voos –, colocou à disposição aeronaves Cessna 208 Caravan, com capacidade para nove passageiros.

De acordo com o secretário de Logística e Transportes, Juvir Costella, a operação dos voos entre São Borja e Porto Alegre é reflexo da maior oferta nos aeroportos do interior. “Esse acontecimento comprova o acerto das políticas do governo do Estado no estímulo à implantação de novas rotas comerciais”, salienta. “Ao incentivarmos a adesão das companhias aéreas ao nosso PDAR/RS [Programa de Desenvolvimento da Aviação Regional], aproximamos regiões estratégicas dos grandes centros e oportunizamos novos investimentos para o setor.”

Costella também destacou a importância das alterações realizadas pelo governo do Estado nos decretos que regem o funcionamento das rotas de voos comerciais. Entre as medidas, a terceirização da operação dos voos por parte das empresas e a redução da alíquota de ICMS sobre os combustíveis das aeronaves.

Conforme o titular da pasta, o incentivo à aviação é determinante para potencializar a infraestrutura logística estadual. “Precisamos mudar o fato de o Rio Grande do Sul ser, hoje, o Estado brasileiro mais dependente do modal rodoviário”, afirmou Costella. “No caso de São Borja, os passageiros dos voos levarão duas horas para chegar à Capital, enquanto, de carro, a viagem duraria, pelo menos, sete horas”, complementou.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Contas de luz da CEEE ficam mais baratas
Governador inaugura novo sistema de monitoramento do abastecimento de água da Corsan
Deixe seu comentário
Pode te interessar