Quarta-feira, 08 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Fair

CAD1 Após polêmica, deputado Jean Wyllys recebe Medalha do Mérito Farroupilha

Deputado federal Jean Wyllys recebe a Medalha do Mérito Farroupilha, por proposição da deputada Manuela d’Ávila. (Foto: Marcelo Bertani/ALRS)

O deputado federal Jean Wyllys, do PSOL, recebeu nesta terça-feira (28) a Medalha do Mérito Farroupilha no Teatro Dante Barone na Assembleia Legislativa do Estado.

A proposição foi da deputada Manuela D’Ávila do PC do B.

Jean Wyllys também participou de debate sobre Direitos Humanos no Brasil, com a presença da advogada Maria Berenice Dias, especialista em direito homoafetivo e direito de família, e do jornalista Marcos Rolim, sociólogo e consultor de segurança pública e direitos humanos.

Entidades em defesa dos direitos humanos estiveram representadas na mesa formada para a entrega da honraria.

Também estavam presentes as deputadas Stela Farias, Miriam Marroni e Jeferson Fernandes, todos do PT, e a deputada Juliana Brizola, do PDT, representando a presidência da Assembleia Legislativa.

Polêmica

Com um forte discurso, na última semana o deputado Marcel van Hattem (PP) conseguiu que fosse retirado da pauta da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos um memorando da deputada Manuela solicitando que o Jean Wyllys fosse declarado hóspede oficial do Estado do Rio Grande do Sul. Caso fosse aprovado o pedido, Wyllys teria hospedagem e passagens aéreas pagas pelos cofres públicos gaúchos, especificamente da Assembleia Legislativa.

Proposta de mudança

Diante de tantas manifestações de insatisfação com a proposta da deputada Manuela de concessão da Medalha do Mérito Farroupilha ao parlamentar federal, van Hattem, juntamente com o deputado Sergio Turra (PP), protocolou na Mesa da Assembleia Legislativa um requerimento sugerindo a alteração da resolução que trata da outorga da Medalha do Mérito Farroupilha.

Em vez de serem apenas aprovadas pela Mesa Diretora, a proposta prevê que as futuras indicações sejam aprovadas pela maioria dos deputados – ou seja, no mínimo pela maioria qualificada no Plenário da Assembleia. “Temos convicção de que se essa sistemática for adotada, indicações como a de Jean Wyllys sequer serão sugeridas. Mais respeito pela história e tradições Farroupilhas, que exigem que os agraciados realmente tenham relevantes serviços prestados ao Estado do Rio Grande do Sul”, salientou Marcel.

O deputado Sérgio Turra explica que cada parlamentar pode indicar uma pessoa por mandato para receber a honraria. “O nome escolhido pelos deputados passa apenas por uma votação simbólica da Mesa Diretora. Nossa ideia é que a sugestão seja aprovada também pelo Plenário, uma vez que a homenagem é a mais importante do Parlamento Gaúcho”, afirmou o parlamentar.

A Medalha do Mérito Farroupilha trata-se da mais alta honraria entregue como sinal de respeito e agradecimento para quem tenha contribuído com o povo e o Estado do Rio Grande do Sul. A polêmica ganhou também as redes sociais. Internautas criaram um abaixo-assinado contra a homenagem proposta pela deputada comunista.

(ALRS)

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de CAD1

Temer vê recuperação após crise da carne parecer “insuperável”
Países da OEA reiteram preocupação com “difícil situação” na Venezuela
Deixe seu comentário
Pode te interessar