Terça-feira, 02 de Junho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
10°
Fair

Brasil Atrizes acusam James Franco de exploração sexual em ação na Justiça

Compartilhe esta notícia:

Ator James Franco. (foto: Frazer Harrison/Getty Images)

James Franco foi acusado nesta quinta-feira (3) por duas mulheres por administrar uma escola de cinema onde jovens eram enganadas e iludidas a fazer falsos testes nuas ou filmar cenas de sexo explícito. De acordo com o processo, as duas atrizes, Sarah Tither-Kaplan e Toni Gaal, afirmaram frequentar a escola de cinema de Franco em 2014. Elas acusaram o ator e outros dois homens associados à produtora e à escola de Franco de discriminação sexual, assédio e fraude, entre outros crimes.

O advogado de Franco, Michael Plonsker, disse que o cliente não foi ouvido no processo. “James não apenas se defenderá totalmente, mas também buscará indenização das autoras e dos seus advogados por entrarem com esse processo difamatório por publicidade”, disse Plonsker.

Franco é reconhecido por filmes como “Homem-Aranha”, “Oz: Mágico e Poderoso” e “127 Horas”. No Globo de Ouro de 2018, o ator usou um acessório em apoio ao Time’s Up, movimento em apoio a vítimas de assédio sexual.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Polícia Civil impede possível ataque à escola em Nova Santa Rita
Prazo para inscrição em bolsas remanescentes do ProUni encerra hoje
Deixe seu comentário
Pode te interessar