Sexta-feira, 18 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Fair

Rio Grande do Sul Avança no Detran gaúcho um projeto para realização on-line das provas teóricas da carteira de motorista

Compartilhe esta notícia:

Na primeira etapa da experiência, o teste será aplicado por meio de computadores instalados em autoescolas. (Foto: Divulgação/Detran-RS)

Uma portaria assinada nesta quinta-feira (6) pelo Detran (Departamento Estadual de Trânsito) autoriza a realização de um projeto-piloto prevendo a realização on-line das provas teóricas para quem busca a primeira CNH (Carteira Nacional de Habilitação) nos CFCs (Centros de Formação de Condutores, antigas “autoescolas”). Se tudo der certo, os cursos de reciclagem serão incluídos na novidade.

O procedimento funciona assim: após receber um link de acesso, o candidato acessa um computador no horário marcado, aciona a câmera e o microfone do equipamento, submete-se a ferramenta de reconhecimento facial e inicia o teste, sob supervisão remota de um servidor da autarquia. Já a prova prática de direção permanece nos moldes atuais.

Conforme o Detran, o processo será implantado em etapas, começando pelos estabelecimentos habilitados e depois – quando a tecnologia estiver bem estruturada – na própria residência do futuro motorista ou em outro local de sua preferência. Tudo será supervisionado por fiscais de prova exclusivamente dedicados a essa tarefa, mediante teletrabalho integral.

Na primeira etapa, o candidato poderá fazer a prova em qualquer uma das 266 autoescolas que aderirem ao projeto, aumentando consideravelmente o número de vagas e as opções de horário e desafogando assim a demanda, estimada atualmente em 53 mil candidatos ainda no aguardo prova teórica, por causa da pandemia de coronavírus.

“A medida também trará economia para o Estado, já que evitará o deslocamento de examinadores, o que envolve custos de combustível e diárias”, salienta o Detran gaúcho. “Esses profissionais ainda poderão ser deslocados para aplicação de provas práticas, trazendo reflexo positivo para essa modalidade de prova.”

Depois, quando o processo for 100% remoto, a intenção é de que o horário de atendimento seja estendido, podendo o candidato responder as provas à noite e em fins de semana. Isso ampliará a comodidade proporcionada pela permissão de se fazer a prova em casa ou local de trabalho, por exemplo.

Experiência

Uma primeira experiência foi realizada em julho, com alunos de um CFC de Porto Alegre. Participaram oito turmas, sendo quatro compostas por dois alunos e as demais por sete alunos, totalizando 35 exames. Sob a supervisão de um fiscal de prova do Detran, localizado fora da cidade, os alunos realizaram a prova no computador instalado na autoescola, com identificação por biometria.

“Facilitar a vida das pessoas e entregar soluções tecnológicas que melhorem nossos serviços na ponta faz parte das metas assumidas pela nossa gestão e pelo governo do Estado”, avalia o diretor-geral do Detran no Rio Grande do Sul, Enio Bacci. “Esse é um caminho natural, que mais cedo ou mais tarde teríamos que trilhar. Já temos tecnologia disponível para realizar as provas de forma remota com segurança, o que significa qualificação na prestação do serviço e economia para o Estado.”

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

O Rio Grande do Sul acumula quase 80 mil casos de coronavírus. Mortes chegam a 2.231
Autoridades se mobilizam para evitar que o Rio Grande do Sul sofra desastres como o incêndio que atingiu nesta semana um porto no Líbano
Deixe seu comentário
Pode te interessar