Segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
29°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Brasil Brasil registra 229 mortes por coronavírus neste sábado; tendência é de estabilidade

Compartilhe esta notícia:

Levantamento mostra que 9.233 novos casos foram registrados no sistema de monitoramento da doença. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde na noite deste sábado (27) mostra que o Brasil registrou, em 24 horas, 229 novas mortes em decorrência do coronavírus. Com isso, o País chegou a 614.186 mortes durante a pandemia.

O levantamento mostra que 9.233 novos casos da doença foram registrados no sistema de monitoramento da pandemia. No total, o País registrou até o momento 22.076.863 casos de infecção pelo coronavírus. O informativo também traz os dados sobre óbitos em decorrência de síndrome respiratória aguda grave (SRAG), que somam 119 casos e estão sob investigação de órgãos de saúde.

O Brasil tem 174.396 casos ativos de covid em monitoramento. O número diz respeito a casos diagnosticados que estão sob supervisão médica ou em isolamento.

O número de recuperados é de 21.288.281 casos, o que corresponde a 96,4% do total de infectados.

No topo do ranking de mortes por estado, São Paulo (153.993) segue na frente, seguido por Rio de Janeiro (69.011), Minas Gerais (56.143), Paraná (40.771) e Rio Grande do Sul (36.075).

Os estados que menos registraram mortes por covid foram o Acre (1.846), o Amapá (2.002) e Roraima (2.050).

Média móvel de mortes

A média móvel de mortes nos últimos 7 dias ficou em 230. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -12% e aponta tendência de estabilidade. A informação é consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h deste sábado. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

Em 31 de julho, o Brasil voltou a registrar média móvel de mortes abaixo de 1 mil, após um período de 191 dias seguidos com valores superiores. De 17 de março até 10 de maio, foram 55 dias seguidos com essa média móvel acima de 2 mil. No pior momento desse período, a média chegou ao recorde de 3.125, no dia 12 de abril.

Cinco estados não tiveram registro de mortes nas últimas 24 horas: AC, AP, CE, GO e RR. Já o Distrito Federal parou de divulgar atualizações em seus números durante os finais de semana.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia, 22.075.319 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 8.930 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 9.335 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de -16% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica queda nos diagnósticos.

Em seu pior momento, a curva da média móvel nacional chegou à marca de 77.295 novos casos diários, no dia 23 de junho deste ano.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Greve de pilotos e comissários de bordo é cancelada após acordo com empresas aéreas
Supremo começa a julgar se é possível a demissão de não vacinados
Deixe seu comentário
Pode te interessar