Segunda-feira, 06 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Mostly Cloudy

Esporte Brasileiro Daniel Dias ganha ouro na natação

Cardiologistas e cientistas do exercício já sabem que a prática regular de atividades físicas altera a aparência e o funcionamento do coração humano. (Foto: Gabriel Nascimento/ Rio 2016)

Em 12 anos de natação, 20 medalhas paralímpicas conquistadas. E o extenso currículo de Daniel Dias segue crescendo em sua terceira edição dos Jogos. Nesta segunda-feira, em mais uma prova emocionante, o nadador de 28 anos fez a torcida ir ao delírio no Estádio Aquático da Rio 2016 com o ouro nos 50m livre (categoria S5). A vitória garantiu ao maior atleta paralímpico do país o bicampeonato na prova e o 12º ouro na carreira. Ele ainda tem chance de subir no pódio da competição outras quatro vezes. Clodoaldo Silva terminou em sétimo lugar.
Esta é a quinta medalha de Daniel nos Jogos Paralímpicos do Rio. Além do ouro nos 50m livre S5, ele também venceu os 200m livre S5, foi prata no 4x50m livre misto até 20 pontos e nos 100m peito SB4, e bronze nos 50m borboleta S5. O Brasil ainda subiu ao pódio nesta segunda outras três vezes. Joana Neves levou a prata nos 50m livre S5, enquanto André Brasil e Talisson Glock ficaram com bronze nos 100m borboleta S10 e nos 200m medley SM6.
No dia anterior, na final dos 100m peito SB4, a medalha de ouro tinha batido na trave. Desta vez, desde os primeiros metros de prova, Daniel não quis deixar o alto do pódio escapar. Dominando a piscina do início ao fim, o atual recordista mundial da prova chegou em primeiro, com o tempo de 32s78. Thanh Tung Vo, do Vietnã, ficou com a prata (33s94). O americano completou o pódio (34s42). (AG)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Liga dos Campeões da Europa começa nesta terça-feira com oito partidas
Barcelona e Bayern de Munique largam com goleadas na Liga dos Campeões
Deixe seu comentário
Pode te interessar