Domingo, 12 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
13°
Mostly Cloudy

Brasil Carol Portaluppi, filha do técnico do Grêmio, relata agressões de torcedores do Flamengo e diz estar horrorizada

Compartilhe esta notícia:

Carol Portaluppi é ativa nas redes sociais. (Foto: Reprodução/Instagram)

Filha de Renato Gaúcho, Carol Portaluppi usou as redes sociais para desabafar e contar um episódio negativo. Durante a madrugada deste domingo (13), revelou ter sido agredida por torcedores do Flamengo em uma festa no Rio de Janeiro. Ela disse ter ficado horrorizada com a situação.

Emocionada, Carol fez a revelação e chegou a chorar ao relatar os fatos no Instagram. Disse que precisou deixar o estabelecimento por conta dos agressores.

“Não vou generalizar, falar que fui agredida pela torcida do Flamengo. Mas fui agredida por torcedores do Flamengo. Fui agredida verbalmente e fisicamente por torcedores do Flamengo” publicou. “Estou horrorizada. Poderia ser tua irmã, quem quer que seja.”

Carol alegou ter recebido agressões verbais e físicas, com empurrões e apertões no braço. Ao mesmo tempo, disse que não se machucou seriamente.

“Graças a Deus estou falando de agressões físicas não a ponto de machucar seriamente. Mas agressões, empurrões, apertões no braço, palavras ofensivas. Isso para mim já é uma falta de respeito sem tamanho. Não sei nem explicar”, desabafou.

Grêmio e Flamengo estão envolvidos nas semifinais da Libertadores. Após um empate em 1 a 1 na Arena, as duas equipes voltarão a se enfrentar em 23 de outubro, no Maracanã, para decidir quem será o finalista. As informações são do portal G1.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Regra do teto de gastos pode impor perda de mais de 9 bilhões de reais à saúde em 2020
Inter B vence o Grêmio em Caxias e conquista o título do Brasileirão de Aspirantes
Deixe seu comentário
Pode te interessar