Terça-feira, 31 de Março de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
23°
Mostly Cloudy

Porto Alegre Carris conclui aquisição de quase cem ônibus novos

Aquisição de frota é a maior já registrada pela companhia.

Foto: Divulgação/PMPA
Aquisição de frota é a maior já registrada pela companhia. (Foto: Divulgação/PMPA)

A Carris concluiu a assinatura dos contratos de compra de 98 novos ônibus, informou a prefeitura nesta quarta-feira (25). Trata-se da maior aquisição de frota de transporte coletivo já realizada pela companhia. Realizadas em ocasiões distintas, as contratações com as empresas fornecedoras Mercedes-Benz e Mascarello, que fabricarão chassis e carrocerias, respectivamente, representam uma operação de R$ 40,9 milhões. As empresas têm 120 dias para realizar a entrega dos ônibus.

Todos os coletivos serão modelo 2020, com emprego de tecnologias que permitirão mais economia em relação aos que estão atualmente em circulação. Os veículos serão equipados com acessibilidade, ar-condicionado e câmeras de monitoramento, além do sistema TRI com GPS e reconhecimento facial. Os ônibus desativados serão leiloados.

A aquisição está de acordo com o pregão eletrônico realizado no dia 2 de março de 2020 e homologado em 11 de março. Do valor investido, 90% provém de uma operação de crédito realizada entre a Carris e a Caixa Econômica Federal, tendo a Prefeitura de Porto Alegre como garantidora, de acordo com a Lei Municipal nº 12.637, de 28 de novembro de 2019. O valor equivalente aos 10% complementares será investido pela Carris.

Histórico

Em 2016, segundo a prefeitura, o rombo nas contas da empresa era de R$ 74,2 milhões. As mudanças tiveram início com a profissionalização do quadro de gestores, selecionados através do Banco de Talentos da Prefeitura de Porto Alegre.

A equipe elaborou e implementou um Plano de Gestão embasado em quatro pilares distintos: pessoas, qualidade, operação e financeiro, com a realização de programas e projetos de forma compartilhada, que resultaram na gradativa mudança de cultura da empresa. Outra marca de gestão é o combate à corrupção, com o desenvolvimento de ferramentas de controle e transparência, como a adoção do planejamento financeiro de acordo com o modelo de orçamento Base Zero.

O cenário deficitário de R$ 74,2 milhões foi reduzido para R$ 43 milhões negativos já no primeiro ano de gestão. Em 2018, foram R$ 19,2 milhões de prejuízo, uma redução de 74% em relação a 2016, o que representa diminuição de R$ 55 milhões no déficit.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Prefeitura recebe reforço da 99 no combate ao coronavírus
Ministro da Saúde muda discurso e critica quarentena
Deixe seu comentário
Pode te interessar