Sábado, 19 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Mostly Cloudy

Rio Grande do Sul Castrações têm crescimento de 20% na Unidade de Saúde Animal

Compartilhe esta notícia:

(Foto: Reprodução)

Nos seis primeiros meses do ano a Diretoria Geral de Direitos Animais (DGDA) registrou um total de 2.270 animais castrados na Unidade de Saúde Animal Victória (Usav), um acréscimo de quase 20% em relação ao mesmo período no ano passado. A atividade é voltada para tutores de cães e gatos – machos e fêmeas – inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais, como Bolsa Família ou o Número de Identidade Social (NIS). Também envolve parcerias com protetores cadastrados na Secretaria Municipal do Meio Ambiente e unidades de saúde de Porto Alegre. “Dessa forma, conseguimos atingir o público que realmente necessita deste serviço, importante não apenas para a saúde dos bichos de estimação, mas de toda a comunidade que os acolhe”, explica Bruno Wagner, gestor da Unidade de Saúde Animal (Usav).

A agente comunitária de saúde da Unidade Bananeiras, Paloma Pereira Schneider, lembra que, em parceria com a Secretaria Municipal do Meio Ambiente e da Sustentabilidade, foram realizadas ações junto aos moradores da Vila São Pedro. Ela percebe que, muitas vezes, o número de procedimentos previamente agendados não se confirma no dia do encaminhamento ao bloco cirúrgico da Usav. “A maioria aceita, mas alguns ainda resistem à castração de seus cães. Em função disso, ainda há muito trabalho nesta região, pois sempre temos novas ninhadas”, lamenta.

As inscrições são protocoladas, mensalmente, via 156. O agendamento é realizado de acordo com a ordem de entrada dos protocolos. A castração de cães e gatos é objetivo estratégico da DGDA, já que a ação mantém seu foco na redução da população animal abandonada.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Rio Grande do Sul

Professores de direita lançam movimento em Porto Alegre
Obras de revitalização na Praça Timbaúva estão avançando
Deixe seu comentário
Pode te interessar