Quinta-feira, 09 de dezembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
18°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Ciência China manda segunda missão tripulada para estação espacial

Compartilhe esta notícia:

Astronautas chineses da missão Shenzhou-13, Ye Guangfu, Zhai Zhigang e Wang Yaping. (Foto: Reprodução)

Nesta sexta-feira (15), a China enviou ao espaço três astronautas para a estação espacial em construção na qual a tripulação deve permanecer durante seis meses. O foguete Longa Marcha-2F, que leva a espaçonave Shenzhou-13, foi lançado às 13h23, no horário brasileiro, do Centro de Lançamento de Satélites de Jiuquan, próximo do Deserto de Gobi, no Noroeste do país.

É a segunda de quatro missões tripuladas à estação, que deve ser concluída até o fim do ano que vem. Zhai Zhigang, de 55 anos, que integrou a primeira turma de astronautas chineses no fim dos anos 90, é o comandante da missão. Ele é acompanhado por Wang Yaping e Ye Guangfu, ambos de 41 anos. Wang será a primeira mulher astronauta a visitar a estação chinesa.

Zhai realizou a primeira caminhada espacial da China na missão Shenzhou-7, em 2008. Wang, que participou da missão Shenzhou-10, em 2013, será também a primeira astronauta mulher a realizar atividades extraveiculares. Ye é um recém-chegado ao espaço.

“Depois de quase dois anos de treinamento, nossos tripulantes agora se conhecem bem e têm um entendimento tácito. Acredito que, com o poder e a sabedoria de nossa equipe, superaremos todas as dificuldades”, disse Zhai.

A missão deve continuar o trabalho da tripulação anterior, que fez duas caminhadas espaciais, implantou um braço mecânico de 10 metros e realizou uma videochamada com o líder chinês Xi Jinping. As atividades da nova missão incluem até três caminhadas espaciais para instalar equipamentos de preparação para a expansão da estação, verificar as condições de vida no módulo e conduzir experimentos em medicina espacial e outras áreas.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Ciência

Elon Musk diz que negocia instalação de banda larga em aviões: a constelação de satélites vai custar cerca de 10 bilhões de dólares
Anitta fala sobre novo videoclipe e carreira internacional
Deixe seu comentário
Pode te interessar