Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
21°
Fair

Saúde Com a ocupação dos leitos hospitalares em 100%, Covid coloca Canoas em alerta máximo

Compartilhe esta notícia:

Mesmo com o reforço no número de leitos destinados a pacientes com Covid-19, a rede hospitalar já sente os efeitos do esgotamento.

Foto: Reprodução de TV
Mesmo com o reforço no número de leitos destinados a pacientes com Covid-19, a rede hospitalar já sente os efeitos do esgotamento. (Foto: Reprodução de TV)

O agravamento da pandemia no País e no Rio Grande do Sul colocou o município de Canoas em alerta máximo nesta terça-feira (23). Com a ocupação dos leitos hospitalares em 100% e a grande procura pelas unidades de saúde, principalmente nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), a orientação é para que a população redobre os cuidados de prevenção ao coronavírus.

Mesmo com o reforço no número de leitos destinados a pacientes com Covid-19, a rede hospitalar já sente os efeitos do esgotamento provocado pela alta demanda dos últimos dias. Segundo informações da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), pacientes com suspeita da doença estão sendo encaminhados a alas não-Covid. Além disso, já existem pessoas aguardando em fila de espera por leitos.

A orientação é para que os canoenses procurem as unidades básicas de saúde, UPAs e hospitais apenas em casos de real necessidade, como sintomas de Covid ou outros problemas de saúde, para evitar pressionar ainda mais esses serviços. A SMS recomenda que a população saia de casa somente para atividades essenciais e evite aglomerações. Além disso, o uso de máscara, higienização das mãos com água e sabão ou álcool em gel e distanciamento interpessoal são cuidados fundamentais.

Durante transmissão ao vivo nas redes sociais da Prefeitura, na noite desta terça-feira (23), o prefeito Jairo Jorge enfatizou que o município enfrentará nos próximos dias o pior momento da pandemia desde o seu início, em março do ano passado. “Não é momento de pânico, mas de preocupação. É hora de agirmos, hora de união”, declarou. O prefeito fez um apelo, ainda, para que os canoenses respeitem o horário da suspensão geral de atividades, das 20h às 5h, determinado pelo governo estadual.

Ampliação dos leitos Covid
Para atender a demanda de internações pela Covid-19, o município de Canoas investiu, desde janeiro, na abertura de 51 novos leitos de terapia intensiva, que passaram de 43 para 94. Destes, 20 foram inaugurados no Hospital Nossa Senhora das Graças (HNSG) na última segunda-feira (22). Em relação a dezembro de 2020, o número de leitos de enfermaria aumentou de 70 para 99 até o momento. “São leitos que estão sendo fundamentais neste momento em que o vírus se propaga de forma muito rápida”, destacou o secretário municipal da Saúde, Maicon Lemos.

Mais leitos
Outros 20 leitos clínicos devem ser abertos nesta semana no Hospital Universitário e, até o final do mês, outros 45 passarão a funcionar no HNSG. O município busca, ainda, a viabilização de mais 15 leitos de UTI exclusivos para casos de coronavírus.

Contratações de profissionais da saúde
A Prefeitura enviará à Câmara de Vereadores projeto de lei que autoriza a contratação emergencial de 300 técnicos de enfermagem, que atuarão na linha de frente da Covid-19 e reforçarão a campanha de vacinação no município.

Plantão Covid
Desde domingo (21), Canoas conta com um reforço no atendimento de casos suspeitos da doença. O Plantão Covid funcionará sempre aos sábados e domingos, das 8h às 20h, em quatro unidades básicas de saúde, localizadas nos bairros Guajuviras, Mathias Velho, Niterói e Rio Branco. Foram realizados no último final de semana 337 atendimentos médicos, 504 de enfermagem e 198 testes rápidos e RT-PCR.

Triagem nas UPAs
Para agilizar a triagem dos pacientes que procuram as unidades de pronto atendimento, a Prefeitura de Canoas organiza a montagem de estruturas junto a esses locais. A medida busca garantir a segurança dos usuários e evitar a disseminação do coronavírus, diante da intensa procura de casos com suspeita de Covid-19, o que deve se intensificar ainda mais nos próximos dias. O prefeito Jairo Jorge anunciou que buscará o apoio da Defesa Civil e das Forças Armadas para viabilizar a montagem dessas estruturas.

UPA Covid
O município prepara também a abertura da UPA Covid. O serviço funcionará no local da antiga UPA Caçapava, no bairro Mathias Velho, onde atualmente existe uma clínica de saúde da família. Além de concentrar os casos confirmados e de suspeita da doença, será aberto no local um Centro de Testagem de Covid-19.

Centro de Referência
Além da UPA especializada em atendimentos de casos de coronavírus, a Prefeitura implantará um Centro de Referência para Covid-19, no campus da Ulbra.

Aquisição de vacinas
Será incluído no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias, que será encaminhado ao Legislativo, a autorização para que o município adquira com recursos próprios a compra de vacinas contra a Covid-19.

Ampliação da testagem
O município está adquirindo mais 20 mil testes de detecção de antígeno, cujo tempo de resposta é de 15 minutos a 20 minutos. Esse exame ocorre atualmente nas UPAs e nos hospitais para o rastreio mais rápido daqueles pacientes que possuem sintomas e necessitam de internação.

A coleta dos testes PCR, desde o dia 25 de janeiro, passou a ser realizada em 12 unidades de saúde. Até então, esse tipo de exame era realizado apenas nas UPAs Rio Branco e Boqueirão. Essa ampliação foi possível graças à chegada de 200 mil testes vindos do governo federal. O município também recebeu do Ministério da Saúde 3.270 testes rápidos. Além disso, a Prefeitura já havia adquirido 4,5 mil testes de antígeno, uma novidade até então na rede pública de Canoas.

Fiscalização
Alinhado com a estratégia do governo do Estado, a Prefeitura de Canoas intensifica a partir desta terça-feira (23) a fiscalização da suspensão geral de atividades das 20h às 5h, medida que se estenderá até 2 de março. As forças de segurança atuarão de forma integrada para evitar aglomerações e garantir o cumprimento do decreto estadual.

Suspensão de cirurgias eletivas
Foram suspensas, por tempo indeterminado, as cirurgias eletivas na cidade. Estão mantidos apenas os procedimentos cirúrgicos de emergência e oncológicos. A medida abrange os hospitais Universitário, Nossa Senhora das Graças e Pronto Socorro.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Saúde

Câncer de pênis atingiu mais de 10 mil brasileiros nos últimos 5 anos
Moderna diz que vacina contra variante do coronavírus da África do Sul está pronta para testes em humanos
Deixe seu comentário
Pode te interessar