Terça-feira, 07 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre

Brasil Com Neymar, Samir e Ivan, Tite convoca a Seleção Brasileira para amistosos. Jorge, Bruno Henrique e Vinicius Junior também foram convocados

Compartilhe esta notícia:

Tite optou por não desfalcar os clubes no Campeonato Brasileiro. (Foto: Laís Torres/CBF)

A lista de jogadores da Seleção Brasileira para a próxima rodada de amistosos, contra Colômbia e Peru, no início do próximo mês, foi anunciada pelo técnico Tite nesta sexta-feira (16).

Com alguns problemas, como a suspensão de Gabriel Jesus e a lesão de Alisson, e diante do processo de renovação que se faz presente desde o fim da Copa do Mundo da Rússia, a relação divulgada por Tite tem algumas novidades. A começar pela posição de goleiro, em que Ivan, da Ponte Preta, e Weverton, do Palmeiras, foram convocados ao lado de Ederson, do Manchester City.

Ivan, de 22 anos, a propósito, é um dos três presentes na lista que jamais vestiram a camisa da Seleção principal. Além dele, receberam a primeira chance o atacante Bruno Henrique, de 28 anos, do Flamengo, e o zagueiro Samir, de 24 anos, da Udinese.

Uma das dúvidas que antecederam o anúncio era com relação à presença de Neymar, mas Tite confirmou a convocação do atacante do Paris Saint-Germain que está recentemente recuperado de uma lesão no pé direito e não entra em campo em uma partida oficial desde o dia 6 de junho, quando a Seleção venceu o Catar em amistoso em Brasília.

“Conversei com ele. Qual era o momento dele, como ele estava. Perguntei emocionalmente sobre toda a situação. E o terceiro aspecto era a ideia dele jogar antes, um tempo hábil para jogar, e um atleta do nível e da qualidade de Neymar, eu não vou prescindir como técnico”, explicou o treinador durante a coletiva.

A apresentação dos jogadores está marcada para o dia 1° de setembro, nos Estados Unidos. No dia 6, às 22h30min (horário de Brasília), em Miami, a Seleção enfrenta a Colômbia. No dia 10, às 23h30min, em Los Angeles, o adversário será o Peru.

Goleiros

Ederson (Manchester City)

Ivan (Ponte Preta)

Weverton (Palmeiras)

Defensores

Alex Sandro (Juventus)

Daniel Alves (São Paulo)

Éder Militão (Real Madrid)

Fagner (Corinthians)

Jorge (Santos)

Marquinhos (Paris Saint-Germain)

Thiago Silva (Paris Saint-Germain)

Samir (Udinese)

Meio-campistas

Alan (Napoli)

Arthur (Barcelona)

Casemiro (Real Madrid)

Fabinho (Liverpool)

Lucas Paquetá (Milan)

Philippe Coutinho (Barcelona)

Atacantes

Bruno Henrique (Flamengo)

David Neres (Ajax)

Roberto Firmino (Liverpool)

Neymar (Paris Saint-Germain)

Richarlison (Everton)

Vinicius Junior (Real Madrid)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

A interferência de Bolsonaro provoca queda de braço com Sérgio Moro e a Polícia Federal
O Ministério da Justiça disse que o projeto de lei sobre o abuso de autoridade pode inviabilizar a polícia e o Ministério Público
Deixe seu comentário
Pode te interessar