Domingo, 14 de agosto de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
19°
Mostly Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Ciência Conheça detalhes da maior tartaruga do mundo filmada em praia brasileira

Compartilhe esta notícia:

As características dessa espécie possibilitam mergulhos a grandes profundidades (superiores a 1.500 metros).

Foto: Projeto (A)mar/Divulgação
As características dessa espécie possibilitam mergulhos a grandes profundidades (superiores a 1.500 metros). (Foto: Projeto (A)mar/Divulgação)

Você sabia que a maior tartaruga marinha do mundo pode ter o tamanho da largura de um ônibus coletivo (2,5 metros de largura) e pesar até uma tonelada?

Essa grandalhona conhecida popularmente como tartaruga-de-couro ou tartaruga-gigante (Dermochelys coriacea), atualmente está classificada na Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas como “Criticamente em Perigo”, ou seja, corre um risco extremamente alto de ser extinta da natureza.

Segundo o ICMBio/Tamar, a população ainda é considerada altamente ameaçada devido às mudanças climáticas, poluição marinha, desenvolvimento costeiro e captura incidental em pescarias.

“A tartaruga-de-couro habita diversos mares e oceanos. Com aumento da temperatura da água, decorrente do aquecimento global, a espécie tem sido obrigada a realizar viagens cada vez mais longas em busca de alimento”, afirma a organização.

O encontro com esse réptil marinho não é fácil, mas nessa época do ano pode acontecer, levando em conta que a tartaruga sai do mar para enterrar os ovos na areia.

Recentemente a beleza e o tamanho dessa espécie se revelou em uma praia brasileira, surpreendendo banhistas e pescadores: o animal foi visto na praia da Corvina, em Salinópolis, no Nordeste do Pará. A presença da tartaruga-de-couro chamou atenção de várias pessoas, que se impressionaram e filmara a cena.

Segundo o educador ambiental Matheus Mesquita (Biomesquita), ao contrário de outras espécies de tartarugas marinhas, essa não possui escamas, nem carapaça. Ela tem uma pele dura e emborrachada que protege o corpo e auxilia em mergulhos profundos.

A fêmea de tartaruga-de-couro desova pelo menos seis vezes por temporada, mas é a espécie com menor quantidade de ovos por ninho, cerca de 90, enquanto que uma cabeçuda (Caretta caretta) pode chegar a colocar 120 ovos de uma vez. O intervalo entre as desovas varia de 8 a 11 dias.

Onde vive

A espécie habita zonas tropicais e temperadas dos Oceanos Índico, Pacífico e Atlântico. Vive preferencialmente na zona oceânica durante a maior parte da vida, embora estudos recentes mostrem o uso de regiões costeiras na fase adulta.

No Brasil, desovas de tartaruga-de-couro ocorrem principalmente no Espírito Santo. Mundialmente foram, e em alguns lugares ainda são, muito impactadas pela exploração humana da carne e ovos. A pesca de espinhel pelágico também é ameaça frequente.

Características e alimentação

O casco da tartaruga-de-couro é preto-azulado, com manchas brancas. Bem desenvolvido, é formado por pequenos ossos organizados lado a lado e cobertos por uma camada de couro que o torna mais flexível (ao contrário das demais espécies). Essa característica possibilita mergulhos a grandes profundidades (superiores a 1.500 metros), em busca de alimento (águas-vivas e outros organismos semelhantes).

tags: Você Viu?

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Ciência

Samara Felippo fala sobre fim de seu casamento: “Exausta e triste”
Anitta solta o verbo, detalha gastos e surpreende ao expor situação financeira: “Acha que não tenho jatos, joias e mansões por quê?”
Deixe seu comentário
Pode te interessar