Terça-feira, 19 de outubro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
14°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Brasil Crânio de ancestral humano que viveu há 4 milhões de anos é encontrado

Compartilhe esta notícia:

(Foto: Reprodução/ Museu de História Natural de Cleveland)

Um ancestral humano que viveu na atual Etiópia entre 4,2 milhões e 3,8 milhões de anos atrás foi encontrado. Trata-se da espécie Australopithecus anamensis. O crânio provavelmente corresponde a um macho de tamanho modesto (pouco mais de 1 metro de altura) e idade avançada.

Uma equipe liderada pelo etíope Yohannes Haile-Selassie, do Museu de História Natural de Cleveland (EUA), publicou uma descrição completa do novo crânio, desenterrado em 2016, na revista científica Nature, junto com uma análise do contexto geológico e ambiental onde o espécime foi encontrado.

Oriundo da região de Afar, mesma área onde foi descoberta a famosa fêmea de australopiteco conhecida como Lucy, o novo rosto tem forte prognatismo, ou seja, a face do animal se projetava bastante para a frente, mais ou menos como a dos chimpanzés atuais.

(Foto: Reprodução/ Museu de História Natural de Cleveland)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles recebe alta do hospital
A Petrobras aumenta o preço da gasolina em 3,5%
Deixe seu comentário
Pode te interessar