Segunda-feira, 14 de Junho de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
12°
Fair

Música Demi Lovato diz que teve medo que abrir mão de “imagem sexy” afetasse sua carreira

Compartilhe esta notícia:

Cantora falou sobre temor de abandonar o rótulo de "mulher fatal" em seu podcast

Foto: Reprodução
Cantora falou sobre temor de abandonar o rótulo de "mulher fatal" em seu podcast. (Foto: Reprodução)

Demi Lovato, de 28 anos de idade, recebeu Patricio Manuel (o primeiro boxeador transgênero a lutar profissionalmente nos EUA) no episódio mais recente de seu podcast, 4D, e revelou que muitas vezes se sentia desconfortável com a pressão de vender uma imagem de “mulher sexy” ao longo de sua carreira. Especialmente após o lançamento do álbum Confident, de 2015.

Demi, que recentemente revelou sua identidade de pessoa não-binária, contou que temia que deixar de lado o rótulo de “estrela sexy” afetasse o sucesso em sua carreira.

“Eu tinha tanto medo de como minha carreira seria se eu não fosse aquela pop star super sexy e hiperfeminina. Agora, minha carreira não importa tanto para mim quanto viver minha verdade”, declarou Demi.

Para ela, abraçar sua verdadeira identidade é o primordial. “Eu sei o que é ter o seu sonho parecendo que pode te interromper, mas é exatamente o oposto. Agora que estou vivendo minha verdade, minha arte se tornou muito maior, porque minha arte é um reflexo de quem eu sou. Agora que posso ser transparente com o mundo, eles podem ver minha arte melhor e ouvi-la melhor”, explicou.

Manuel também falou sobre a revelação de sua identidade transgênera. “Eu sabia quem eu era sem ninguém me dizer. OK, talvez se eu não puder me tornar um homem, ficarei confortável em ser masculino”, contou o boxeador.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Música

Roupa Nova anuncia retorno com live após morte de Paulinho por Covid-19
Claudia Leitte lembra desdém de gerente em loja cara: “Eu era pobre”
Deixe seu comentário
Pode te interessar