Quarta-feira, 17 de agosto de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
20°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Brasil Dez crianças ficam presas em brinquedo de parque da Grande São Paulo

Compartilhe esta notícia:

Segundo administração da Cidade da Criança, 10 crianças de 10 a 13 anos ficaram presas a seis metros de altura, e resgate levou cerca de uma hora.

Foto: Reprodução
Segundo administração da Cidade da Criança, 10 crianças de 10 a 13 anos ficaram presas a seis metros de altura, e resgate levou cerca de uma hora. (Foto: Reprodução)

Crianças ficaram presas em um brinquedo, a seis metros de altura, no parque Cidade da Criança, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo, na manhã desta quinta-feira (23).

Inicialmente, o Corpo de Bombeiros informou que 20 crianças ficaram presas. No entanto, segundo a Prefeitura de São Bernardo do Campo e o parque, 10 crianças de 10 a 13 anos estavam no brinquedo.

Nenhuma delas se feriu. Segundo a assessoria da Cidade da Criança, o resgate levou cerca de uma hora. As crianças foram retiradas por uma escada pelos agentes do Corpo de Bombeiros. A corporação informou que o brinquedo teve uma falha mecânica.

De acordo com o parque, o brinquedo se chama “Tapete” e gira em torno de um pêndulo. Na parte mais alta, as crianças ficam a seis metros.

A Prefeitura de São Bernardo do Campo disse que equipes estão no local para fiscalizar os procedimentos de remoção. “É importante destacar que o parque é administrado pela empresa Nova Cidade Parques São Bernardo do Campo, que acionou os bombeiros e a Polícia Militar”, disse a administração municipal.

A prefeitura disse ainda que o equipamento que apresentou problemas será interditado para manutenção.

Em nota, a administração do parque informou que “o Tapete Mágico (Tapis Volant) entrou em modo de segurança operacional, às 11h05 desta quinta-feira, quando 10 crianças estavam na atração, que tem capacidade para receber 40 pessoas. O procedimento técnico adotado visa à garantia da operação com total segurança e menor risco. O Corpo de Bombeiros foi acionado e, em menos de uma hora, todas as crianças foram retiradas da atração ilesas, sem nenhum ferimento”.

Ainda segundo o comunicado, “a adoção do ‘modo segurança’ com o travamento da atração obedece aos preceitos técnicos e normativos. Todas as atrações (35) da Cidade da Criança têm manutenção e são submetidas a testes de segurança diários”.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

CBF anuncia mudanças no VAR para tentar melhorar nível da arbitragem
Menina de 11 anos vítima de estupro em Santa Catarina faz aborto legal, informa Ministério Público Federal
Deixe seu comentário
Pode te interessar