Sexta-feira, 10 de Abril de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Mostly Cloudy

Esporte Em eleição recorde, o Grêmio modificou a metade de seu Conselho Deliberativo

Chapa 2, de Romildo Bolzan, obteve 85% dos votos contra 15% da Chapa 1. (Foto: Lucas Uebel/Grêmio)

Com 17402 votos computados, a maior eleição da história do Grêmio, foi realizada, na tarde do último sábado (28), na Arena, a Assembleia Geral que renovou e empossou metade do Conselho Deliberativo do Clube para o mandato 2019/2025.

A Chapa 2, “Todos Somos Grêmio com Romildo Bolzan”, obteve 14256 votos (85%), elegendo 127 conselheiros titulares e 26 suplentes.

A Chapa 1, “Por um Grêmio de Todos”, fez 2604 votos (15%), elegendo 23 conselheiros e quatro suplentes.

Ainda foram registrados 42 votos brancos.

O pleito foi realizado das 10h às 17h, porém, a maioria dos votos se deu pela internet, opção viabilizada pelo Clube desde 2014. Dos 17402 votos válidos computados 16209 foram pela web, enquanto 1193 participaram presencialmente.

Apesar disso, a movimentação na esplanada da Arena foi intensa durante todo o dia, com a presença dos apoiadores das duas chapas convivendo pacificamente lado a lado numa verdadeira demonstração de democracia.

O coordenador da Comissão Eleitoral, Almir Porto da Rocha Filho, agradeceu à mesa do Conselho Deliberativo, nas pessoas do presidente Carlos Biedermann e do vice, Alexandre Bugin, aos membros da comissão permanente para Assuntos eleitorais e enalteceu o trabalho do departamento de informática do Grêmio pelo suporte dado durante o processo de eleição: “Hoje [sábado], batemos um recorde com 17402 participantes, e quero parabenizar os nossos funcionários da TI, que pela primeira vez na história, disponibilizaram integralmente um sistema criado pelo Clube”, disse.

Coube ao presidente da Casa, Carlos BIedermann, divulgar o resultado oficial no auditório completamente lotado.

No final, as duas chapas comemoraram e confraternizaram na esplanada.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Ex-técnica do Inter, Tatiele Silveira é primeira mulher a conquistar Brasileirão Feminino
No Inter, Rodrigo Dourado passará por uma nova artroscopia e não atua mais em 2019
Deixe seu comentário
Pode te interessar