Sábado, 28 de Março de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
27°
Fair

Esporte Em novo tropeço fora de casa no Brasileirão, o Inter perde para o Goiás por 2 a 1

Apesar do novo tropeço fora de casa, Colorado se mantém em sétimo lugar. (Foto: Ricardo Duarte/Inter)

Diante de 8,6 mil torcedores no estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO), na tarde deste domingo (25), o time alternativo do Inter perdeu para o Goiás por 2 a 1, de virada, em partida válida pela décima sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Com essa nova derrota fora de casa, o Colorado permanece em sétimo lugar, com 24 pontos.

O atacante Guilherme Parede abriu o placar para o Saci, aos 11 minutos do primeiro tempo. Já o também atacante Michael empatou para os donos da casa aos 25 minutos da etapa complementar. E quando a partida já estava no final dos acréscimos, o zagueiro Rafael Vaz decretou a vitória para o Goiás com uma cobrança de falta, de fora da área, aos 50 minutos.

Além da fraca campanha fora de casa como visitante neste Brasileirão (apenas uma vitória em oito confrontos fora de casa), o duelo desse domingo reforçou a sina do Colorado como “ressuscitador” de times em má situação: o Goiás não vencia no torneio há sete rodadas e, apesar do time gaúcho estar com uma equipe composta em sua maioria por reservas, o alviverde atuou desde os 11 minutos do primeiro tempo com um atleta a menos, devido à expulsão de Léo Sena (por agressão).

A boa notícia é que os próximos dois compromissos do Inter no Brasileirão serão cumpridos no estádio Beira-Rio, onde o alvirubro segue invicto nesta edição do campeonato (seis vitórias e dois empates em oito partidas). Os adversários da vez são o Botafogo (no sábado que vem) e o São Paulo (7 de setembro).

Antes, porém, o Colorado recebe nesta quarta-feira o Flamengo para o confronto de volta das quartas-de-final da Copa Libertadores da América (daí a opção por um time alternativo contra o Goiás). O fator local é uma das apostas (a torcida já esgotou os ingressos) para reverter a situação desfavorável, já que o rubronegro carioca venceu o jogo de ida por 2 a 0, no estádio Maracanã – com isso, o Saci precisa de uma vitória de 3 a 0 no tempo normal ou de 2 a 0 para levar a decisão para os pênaltis.

Escalações

O Inter do técnico Odair Hellmann colocou em campo Marcelo Lomba, Zeca, Klaus, Emerson Santos, Natanael (Erik), Rithely (Sarrafiore), Bruno Silva, Nonato, Nico López, Wellington Silva (Pedro Lucas) e Guilherme Parede.

Já o Goiás, sob comando de Ney Franco, escalou Tadeu, Yago Rocha (Geovane), Rafael Vaz, Fábio Sanches, Jefferson, Léo Sena, Yago Felipe, Marcelo Hermes, Michael, Rafael Moura (Leandro Barcia) e Kayke (Renatinho).

Resumo

Os primeiros movimentos do confronto (iniciado às 16h) estiveram tão intensos quanto o calor em Goiânia, com termômetros chegando a registrar em torno de 30ºC. Já no primeiro minuto, o Inter chegou com perido à meta adversária, em finalização de Bruno Silva.

Seguindo no mesmo ritmo, o visitante foi recompensado aos 11 minutos, com um gol de Guilherme Parede. No mesmo lance, Léo Sena agrediu o colorado Rithely, motivando a sua expulsão após consulta do juiz Marielson Silva ao VAR (árbitro de vídeo).

Atrás no marcador e em desvantagem numérica, os donos da casa não tiveram alternativa se não apostar em bolas alçadas à área de Marcelo Lomba, quase sempre mal-sucedidas. O desenrolar da etapa inicial ainda impôs a Odair a necessidade de promover duas alterações por motivos físicos, que mudaram a disposição tática do Colorado.

A etapa complementar apresentou um Goiás mais ofensivo, pressionando a todo momento. Assim, conseguiu levar perigo ao arqueiro Marcelo Lomba, ao mesmo tempo que davam espaço a contra-ataques do Inter.

Minutos após Emerson Santos exigir milagre de Tadeu, Michael empatou, com um chute rasteiro, no canto, após uma sequência de dribles. O Saci gaúcho acumulava oportunidades, mas que esbarravam no goleiro adversário. Mas aos 50 minutos, quando muitos torcedores já deixavam o Serra Dourada conformados com o empate, uma falta cobrada por Rafael Vaz foi certeira, garantindo o fim do jejum de vitórias do Goiás, agora em décimo-primeiro lugar na tabela (21 pontos), ultrapassando o Grêmio.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Esporte

Parisienses dão recado ressentido a Neymar
Grêmio orienta torcedores sobre logística para duelo contra o Palmeiras, em São Paulo, pela Libertadores
Deixe seu comentário
Pode te interessar