Domingo, 03 de julho de 2022

Porto Alegre
Porto Alegre
16°
Cloudy

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Porto Alegre Em Porto Alegre, um a cada dois pacientes à espera de internação hospitalar não mora na cidade

Compartilhe esta notícia:

Uma das orientações é procurar levados às unidades os postos de saúde quando o caso é menos grave. (Foto: Cristine Rochol/PMPA)

Uma estatística divulgada pela Central de Regulação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) aponta que cerca de 400 pacientes permaneciam nos quatro pronto-atendimentos ou então nas emergências de hospitais de Porto Alegre, à espera de internação. Destes, 49% residem em outras cidades.

Conforme o titular da pasta, Mauro Sparta, há um esforço constante para ampliar a capacidade de suprir a demanda, gerada principalmente por adultos que necessitam de encaminhamento a leitos de enfermaria (77,7% do total). Ele faz uma ressalva: “A orientação, entretanto, é para que os pacientes priorizem os serviços de saúde de seus municípios de origem”.

Outra recomendação da SMS para evitar que a rede hospitalar sofra com a superlotação é que os casos de menor gravidade sejam levados às unidades do serviço de atenção primária em saúde. São 132 postos, cujos endereços podem ser conferidos no site prefeitura.poa.br.

Todos os pronto-atendimentos da capital gaúcha operam, no momento, acima da capacidade. De acordo com a plataforma de monitoramento da prefeitura, as emergências apresentam 165,6% de ocupação geral. Esse índice cai para 141,8% em âmbito hospitalar, levando-se em consideração o grupo formado por Santa Casa, Clínicas, Conceição, Vila-Nova, Restinga e Extremo-Sul, bem como o Instituto de Cardiologia.

No dia 20 de maio, a Secretaria Municipal da Saúde anunciou o acréscimo de 20 leitos de enfermaria para adultos. A medida foi viabilizada por meio de parceria com o Hospital Independência (área Central da cidade).

A prefeitura ressalta que essas duas dezenas de vagas adicionais contribuem para desafogar os serviços de saúde, possibilitando o atendimento a um público mais amplo. “Com as novas vagas, Porto Alegre já soma 131 leitos abertos desde o começo do mês, dentre adultos e pediátricos”, finaliza Mauro Sparta.

Ação especial neste sábado

Ainda na área da saúde, das 9h às 18h deste sábado (27) a unidade móvel do projeto “Fique Sabendo” estará na rua Voluntários da Pátria nº 4.201, com testagem gratuita de HIV, sífilis e hepatites, além de orientações sobre prevenção dessas doenças. O procedimento é seguro, sigiloso e rápido, com resultado em 15 minutos.

Segundo a Secretaria Municipal da Saúde, a iniciativa tem por finalidade ampliar as ações de prevenção e diagnóstico precoce de infecções sexualmente transmissíveis, bem como o encaminhamento de quem precisa ser tratado, o que deve ser feito o quanto antes.

Não há restrições ou exigências especiais para se submeter aos exames. A estrutura montada no local dispõe de instalações adaptadas para atender também indivíduos com necessidades especiais. Em caso de chuva, a programação pode ser alterada.

(Marcello Campos)

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Porto Alegre

Defesa do deputado Daniel Silveira aponta “natureza abusiva” em decisões do ministro Alexandre de Moraes
Supremo vota pela proibição da cobrança de Imposto de Renda sobre pensão alimentícia
Deixe seu comentário
Pode te interessar