Quarta-feira, 08 de dezembro de 2021

Porto Alegre
Porto Alegre
24°
Fair

CADASTRE-SE E RECEBA NOSSA NEWSLETTER

Receba gratuitamente as principais notícias do dia no seu E-mail ou WhatsApp.
cadastre-se aqui

RECEBA NOSSA NEWSLETTER
GRATUITAMENTE

cadastre-se aqui

Beleza Estrias: como diminuir e prevenir o aparecimento

Compartilhe esta notícia:

Estrias são cicatrizes. Marquinhas brancas ou avermelhadas que aparecem, muitas vezes, sem que a gente perceba. (Foto: Reprodução)

Estrias são cicatrizes. Marquinhas brancas ou avermelhadas que aparecem, muitas vezes, sem que a gente perceba. Elas são o fruto do rompimento de fibras da pele. Fenômeno que ocorre por diversos motivos, como sobrepeso ou até mesmo pelo ganho de massa muscular muito rápido.

“Os pacientes mais submetidos são: o que se encontram em fase de crescimento, com aumento excessivo dos músculos por exercícios físicos exagerados; colocação de próteses (de mamas ou glúteo, por exemplo) sob a pele; gravidez; obesidade; uso prolongado de corticosteroides tópicos, orais ou injetáveis”, afirma a dermatologista, Dra. Barbara Carneiro.

Independente da coloração ou do tamanho, elas não oferecem nenhum tipo de problema para a saúde. No entanto, é comum que algumas pessoas sintam um incômodo estético com as estrias e queiram eliminá-las a todo custo.

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, essas cicatrizes são comuns em mulheres e homens de qualquer idade. “As estrias se formam quando ocorre o rompimento das fibras colágenas e elásticas da pele, formando cicatrizes. Em geral, elas aparecem em áreas onde a pele tenha sofrido um estiramento excessivo ou abrupto”, aponta a médica.

Como evitar o aparecimento de estrias

Como já foi dito, o excesso de peso é um dos principais fatores que aumentam as chances de estrias aparecerem. A gordura corporal aumenta o diâmetro do organismo e pode provocar o estiramento da pele. Por isso, uma das principais maneiras de evitar o desenvolvimento das marquinhas e manter um estilo de vida saudável, com atividades físicas regulares e boa alimentação. Dessa maneira, dificilmente o sobrepeso se manifestará.

Além disso, a Dr. Carneiro ainda separou outras maneiras de evitar o aparecimento de estrias. Confira: Evitar ganho de peso em excesso, mantendo uma alimentação balanceada; Hidratar a pele, com a ingestão hídrica adequada; Praticar atividade física; Investir em alimentos ricos em vitamina C; Realizar massagens, como a drenagem linfática, por exemplo.

Como diminuir o problema

Mesmo seguindo todos os passos de prevenção, ainda assim, as estrias podem aparecer – geralmente, por fatores genéticos. O importante, nessa hora, é ser rápido e procurar tratamento enquanto as marquinhas ainda estão avermelhadas.

“As estrias vermelhas, como ainda não passaram por um processo de cicatrização, são bem mais simples de serem tratadas, possuindo chance de remoção quase total. Já as estrias brancas são antigas, não estão mais em inflamação. Por isso, são mais difíceis de serem eliminadas”, analisa a Dra. Carneiro.

Porém, a especialista ressalta que as estrias – de todas as cores – podem ser tratadas e amenizada. Confira os principais métodos que diminuem as marquinhas: Peeling com ácido retinóico; Jato de plasma; Lasers como etherea ou CO2 fracionado; Microagulhamento; Carboxiterapia.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Beleza

Cientistas de Oxford identificam 23 sintomas associados ao câncer de pâncreas, um dos mais letais; entenda
Apple recua e não vai inutilizar Face ID do iPhone 13 após reparo
Deixe seu comentário
Pode te interessar