Sexta-feira, 14 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Partly Cloudy

Brasil Exército começa a atuar no ES após dia de caos, violência e medo

Compartilhe esta notícia:

Exército já está atuando nas ruas da Grande Vitória. (Foto: Sesp-ES/Divulgação)

O Exército começou a atuar nas ruas da Grande Vitória na tarde desta segunda-feira (6). Eles foram acionados por causa da grande quantidade de atos criminosos ocorrendo desde sábado (4), quando famílias de militares começaram a impedir a saída de viaturas, paralisando o policiamento. A Grande Vitória registrou 62 mortes violentas desde o início dos protestos, segundo o Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo.

Um vídeo enviado por um morador mostra o início da ação do Exército no bairro Praia do Canto, em Vitória. Nas imagens é possível ver os militares revistando e apontando as armas para suspeitos próximo à Ponte Ayrton Sena. Uma das pessoas está deitada no chão.

Segundo a Sesp (Secretaria de Estado de Segurança Pública), a partir desta terça-feira (7), 1,2 mil homens das Forças Armadas e Nacional estarão nas ruas de todo o Espírito Santo.

Os militares do Exército do 38º Batalhão de Infantaria saíram da Prainha, em Vila Velha, em nove veículos por volta das 18h45min. Ao cruzarem as ruas da Grande Vitória, os soldados foram aplaudidos pelos moradores, que passaram dias sem segurança.

O ministro da Defesa, Raul Jungmann, chegou a Vitória na tarde desta segunda para acompanhar de perto a situação no Estado.

“Atendendo a um pedido do governador, o presidente recomendou que as Forças Armadas realizassem uma ação de garantia da lei e da ordem. Os militares já estão nas ruas. Entre hoje e amanhã estaremos com um efetivo compatível com a necessidade do estado”, disse.

Os homens do Exército vão trabalhar em conjunto com policiais civis, guardas municipais e policiais militares que estiverem nas ruas. “Seremos inflexivos e determinados em instaurar a ordem, a paz e a tranquilidade em Vitória e onde for necessário. Não vamos deixar margem para que triunfem os bandidos e a criminalidade”, garantiu o ministro.

Força Nacional

O governador em exercício, César Colnago, afirmou que o ministro da Justiça e Segurança Pública, Alexandre de Moraes, autorizou o envio de homens da Força Nacional para o policiamento, sendo que 80 vêm do Rio de Janeiro e 120, de Brasília.

Reajuste

Colnago, disse que o governo está disposto a conversar, mas explicou que o reajuste salarial está fora de cogitação no momento. “Acreditamos que o bom senso e a racionalidade possam retornar e que possamos conversar e dialogar a partir desse entendimento. O governo entende que quando ele tiver caixa, que quando tiver superávit de receita, poderá mexer nos salários e fazer ofertas de serviço. Enquanto tiver deficitário, eu não tenho como prometer aquilo que eu não tenho”, disse.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Brasil

Desaparecido há 5 anos, canadense é encontrado sem documentos no Brasil
Além de Gaga, Rock in Rio confirma Ivete, Fergie e 5 Seconds of Summer
Deixe seu comentário
Pode te interessar