Segunda-feira, 21 de Setembro de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
10°
Fair

Política “Falta empenho de Bolsonaro no combate à corrupção”, diz o ex-ministro Sérgio Moro

Compartilhe esta notícia:

Moro ainda disse que se sentiu desconfortável durante a reunião do dia 22 de abril e pela forma como o governo vem lidando com a pandemia do novo coronavírus

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Moro teve o celular invadido por hackers em junho do ano passado, ainda como ministro da Justiça. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O ex-ministro da Justiça Sérgio Moro disse em entrevista ao “Fantástico” da TV Globo na noite deste domingo (24) que a “agenda anticorrupção não teve um impulso por parte do presidente da República (Jair Bolsonaro) para que fosse implementado”.

“Há uma falta de empenho do presidente no combate à corrupção”, disse Moro. O ex- ministro deu como exemplo a transferência do Coaf [Conselho de Controle de Atividades Financeiras] do Ministério da Justiça e a derrota do projeto anticrime no Congresso que não tiveram reação do presidente Jair Bolsonaro.

Moro ainda disse que o governo tentou se aproveitar da sua imagem de combate à corrupção, mas que não saiu antes porque tinha esperança de que a sua agenda contra corrupção e o crime organizado fosse implementada. Para o ex-ministro, a gota d’água foi a tentativa de interferência na Polícia Federal.

Moro ainda disse que se sentiu desconfortável durante a reunião do dia 22 de abril e pela forma como o governo vem lidando com a pandemia do novo coronavírus. O ex-ministro ainda negou suas intenções de se candidatar em 2022.

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Caixa Econômica Federal paga nesta segunda-feira o auxílio emergencial de R$ 600 a 7,8 milhões de trabalhadores
Itália abre piscinas e ginásios em nova fase de desconfinamento
Deixe seu comentário
Pode te interessar