Sexta-feira, 10 de Julho de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
Fair

Política Força Aérea Brasileira leva 1,9 tonelada de equipamentos para São Gabriel da Cachoeira

Compartilhe esta notícia:

Anúncio foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro.

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
O presidente Jair Bolsonaro fez anúncio pelas redes sociais. (Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Um avião KC-390, da Força Aérea Brasileira, decolou neste sábado (6) de Brasília com 1,9 tonelada de equipamentos e insumos para ajudar no combate ao novo coronavírus (covid-19), em São Gabriel da Cachoeira, no Amazonas. A informação foi divulgada pelo presidente Jair Bolsonaro, por meio do Facebook e twitter.

O post está entre outras ações governamentais recentes destacadas pelo presidente, como a sanção da lei que reforçará, em mais de R$ 60 bilhões, o caixa de estados e municípios. “A distribuição exata dos recursos para cada ente federativo será definida em até dez dias”, escreveu Bolsonaro.

O presidente citou também a antecipação da liberação de recursos para o Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé); a expansão das versões eletrônicas de serviços como carteira de trabalho, CPF e carteira de motorista digital; e a portaria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que autoriza a realização de testes clínicos de uma potencial vacina contra a covid-19, desenvolvida pela Universidade de Oxford, da Inglaterra.

Bolsonaro fez também uma live via Facebook, de uma visita que fez a uma base da Polícia Rodoviária Federal, próximo a Brasília, onde acompanhou uma blitz.

Mais cedo, o presidente reiterou as justificativas apresentadas na noite de ontem (5) sobre a alteração do horário em que os balanços da covid-19 são divulgados pelo Ministério da Saúde. Desde quarta-feira (3), a pasta só envia os dados consolidados do dia por volta das 22h. Antes, esse balanço era divulgado por volta das 19h.

Segundo Bolsonaro, “as rotinas e fluxos estão sendo adequados para garantir a melhor extração dos dados diários, o que implica em aguardar os relatórios estaduais e checagem de dados”.

 

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Política

Pandemia causa quase 400 mil mortes em todo o mundo
Secretários de Saúde: Governo quer “invisibilidade a mortos” da pandemia
Deixe seu comentário
Pode te interessar