Sábado, 08 de Agosto de 2020

Porto Alegre
Porto Alegre
17°
Fair

Colunistas General Hamilton Mourão: “Se tiver grandeza moral, Gilmar Mendes corrigirá o que falou”

Compartilhe esta notícia:

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão. (Foto: Marcos Correa/PR)

Andou bem o ministro da Defesa, General Fernando Azevedo, ao protocolar ontem na Procuradoria-Geral da República, representação contra Gilmar Mendes, ministro do STF, que, em declaração totalmente inoportuna, associou militares a um eventual “genocídio”. Referia-se à atuação de militares no Ministério da Saúde durante a pandemia do coronavírus.

Nota conjunta deixou clara indignação dos militares

Na véspera, em nota conjunta com os comandantes militares (Exército, Marinha e Aeronáutica), o ministério da Defesa afirmou: “Comentários dessa natureza, completamente afastados dos fatos, causam indignação. Trata-se de uma acusação grave, além de infundada, irresponsável e sobretudo leviana. O ataque gratuito a instituições de Estado não fortalece a democracia”.

General Hamilton Mourão comenta

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, general da reserva do Exército, sugeriu que, se tiver “grandeza moral”, Gilmar Mendes corrigirá a fala. Segundo Mourão, “é do foro íntimo dele [se desculpar]. Se ele tiver grandeza moral, ele fará isso, corrige o que falou”.

Pedido de providências contra senador Kajuru

Em março do ano passado, o ministro Gilmar Mendes, em ofício ao presidente do Senado, pediu “providências” em relação a declarações feitas pelo senador Jorge Kajuru (PSB-GO). Durante entrevista, Jorge Kajuru questionou o patrimônio de 20 milhões de reais de Gilmar Mendes. Citando supostas propriedades de Gilmar em Portugal, Kajuru ainda acusa o ministro da suprema corte de viajar 12 vezes por mês a Portugal. “Ele viaja 12 vezes por mês a Portugal com dinheiro de vocês. Vocês pagam a passagem aérea dele de primeira classe” acusou o senador.

Em Parobé, Kit Covid e testes em massa reduzem contágio

Um dos muitos prefeitos que aderiram ao teste em massa e ao uso do chamado Kit Covid pra tratamento precoce em pessoas com sintomas do Coronavírus, Diego Picucha, prefeito de Parobé, no Rio Grande do Sul, comemora os resultados: “Na sexta-feira anterior à segunda-feira, data do início desta aplicação, tínhamos 69 casos ativos e 2 na UTI, mas, ontem, registramos 37 ativos e um na UTI. Todos os que tiveram teste positivo receberam o kit, estão sendo tratados em casa e apresentam melhora significativa. Nenhum deles foi para o hospital”.

Zeradas tarifas de insumos contra o Covid-19

Ontem, o presidente Jair Bolsonaro anunciou que foram zeradas tarifas de mais 34 insumos usados no combate à covid-19. Ao todo, já somam 549 medicamentos, equipamentos e maquinário relacionados.

Print Friendly, PDF & Email

Compartilhe esta notícia:

Voltar Todas de Colunistas

O valor do tempo
PSL com Bolsonaro
Deixe seu comentário
Pode te interessar